320 quilos na primeira recolha de resíduos biodegradáveis

A primeira recolha de biorresíduos realizada nas cinco freguesias do concelho de São Roque do Pico superou as expetativas, permitindo entregar 320 quilos de produtos biodegradáveis no Centro de Processamento de Resíduos.

A colocação de resíduos biodegradáveis no contentor castanho é mais uma aposta do Município de São Roque na melhoria da qualidade ambiental do concelho juntando-se, assim, à recolha seletiva já em curso de papelão, plástico e vidro.

Para assegurar uma recolha eficaz dos biorresíduos e consequentemente diminuir a sua presença no lixo indiferenciado, o Município de São Roque reforçou no início deste mês a rede de ecopontos com a instalação de contentores castanhos de 800 litros e distribuiu contentores de 50 litros pelos grandes produtores de biodegradáveis.

Nesta fase inicial de recolha, o Município de São Roque do Pico lembra a importância da colaboração dos munícipes no processo de separação para se aumentar os índices de reciclagem e de valorização dos biorresíduos através da compostagem, apelando a que não se misturem outros tipos de resíduos que possam contaminar os biodegradáveis.

No novo contentor de cor castanha deposite apenas, devidamente acondicionados em saco, os restos de alimentos crus e cozinhados ou fora de validade, tais como legumes e frutas, carne e peixe, restos de sopa, cascas de ovos, restos de pão e bolos.

Podem ainda ser colocados no contentor castanho borras de café, saquinhos de chá e guardanapos de papel, ervas daninhas, folhas verdes, flores, restos de relva cortada e podas de pequena dimensão.

AA/CMSRP