Açores são centralidade e “lugar de esperança” para a investigação científica,

Açores são centralidade e “lugar de esperança” para a investigação científica,

O Presidente do Governo Regional dos Açores defendeu que a Região é um “lugar de esperança” para a sustentabilidade em várias frentes e também para o conhecimento e investigação científica.

José Manuel Bolieiro falava no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, na sessão de abertura do primeiro dia da cimeira de exploradores Glex na cidade micaelense.

O futuro, advoga o governante, faz-se “com conhecimento, investigação, inovação, ciência”, e os Açores, apesar de Região Ultraperiférica da União Europeia, são “centralidade no mundo” em áreas como a investigação do mar, a exploração do espaço ou a sustentabilidade ambiental.

Eventos como o de hoje “merecem o total apoio e acolhimento” do Governo dos Açores, acrescentou José Manuel Bolieiro, que destacou o reforço da notabilidade da Região com a presença de várias dezenas de figuras e especialistas no ramo científico e da investigação.

Integrada nas comemorações dos 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, a Glex Summit volta a juntar esta semana em Portugal em Portugal a elite da exploração de todo o mundo sob o lema explorar e aprender.

José Manuel Bolieiro lembrou que a viagem de há 500 anos contou com “dois ilustres Açorianos, da ilha Graciosa, que também dão esta marca de Açorianidade e do Atlântico Norte na celebração”.

São Miguel e Lisboa são os palcos da segunda edição desta grande conferência sobre exploração e ciência, que se realiza até sábado, presencialmente e com transmissão ‘online’, numa organização da Expanding World e do Explorers Club de Nova Iorque.

Esta conferência tem como temas principais a exploração espacial e dos oceanos e a exploração polar, e na agenda estão também temas que incluem a conservação de santuários naturais como os Açores, a Gorongoza e a Amazónia, a sustentabilidade ambiental do planeta, as alterações climáticas e fenómenos como tsunamis e ondas gigantes.

AA/GRA