Ambiente “é estratégico para desenvolvimento social e económico do Concelho da Praia”

As qualidades diferenciadoras do meio-ambiente no concelho da Praia da Vitória, na ilha Terceira e na Região Autónoma dos Açores são essenciais ao desenvolvimento social e económico local e regional. A ideia foi veiculada pelo vice-presidente da Câmara Municipal, Ricky Baptista, na sessão de abertura da V Feira de Ambiente.

“Acreditamos, enquanto autarquia, que o Ambiente é um dos setores estratégicos com mais potencial, isso se considerarmos as suas características diferenciadoras que assentam no mar, nas nossas paisagens, assim como nas vertentes turística e empresarial. Estas condições únicas são de uma riqueza fenomenal, garantem-nos uma qualidade de vida de excelência que, por vezes, tomamos como garantida. É importante não esquecer que a preservação do meio-ambiente é um dever de todos nós”, sublinha o responsável municipal.

“Urge, com o contributo de todos, que demostremos as mais valias que advém da defesa e dos cuidados com o meio-ambiente. Refiro-me também aos gestores políticos, agentes locais e regionais e a todos os que detém o poder para sensibilizar uma comunidade naquelas que são as boas práticas ambientais. As alterações climáticas são uma dura realidade, algo que nos afeta drasticamente”, refere o edil praiense.

Na ocasião, o autarca destacou o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal e pela Praia Ambiente E.M junto dos estabelecimentos de ensino do Concelho, no que concerne à sensibilização ambiental.

“A Câmara Municipal e a empresa municipal Praia Ambiente desenvolvem ações de sensibilização junto das escolas e comunidade, dado que é fulcral alertar para a proteção do meio-ambiente. Esta é também uma das nossas bandeiras, demonstrar com exemplos eficazes e simples as boas práticas ambientais e os efeitos das mesmas junto das atuais e futuras gerações”, defende.

O edil praiense agradeceu a todas as pessoas que contribuíram para a concretização da V edição da Feira de Ambiente. Uma iniciativa que “espelha o trabalho louvável desenvolvido em prol da sustentabilidade ambiental”.

Neste local, e após a sessão de abertura, teve lugar ainda a palestra subordinada à temática “Biodiversidade Marinha”, protagonizada por João Pedro Barreiros.

A Feira de Ambiente, que decorre até ao dia 26 de maio (quinta-feira) na tenda junto à marina da Praia da Vitória, envolve diversas palestras, workshops, jogos tradicionais, momentos musicais e atividades infantojuvenis alusivas à vertente ambiental.

Atividades previstas até à próxima quinta-feira

O programa da V Feira de Ambiente, em complemento com o espaço da tenda junto à marina da cidade, uma feira da tralha, no paul da Praia da Vitória. Pelas 16h00, na tenda, Valter Rainho apresentará a temática “Economia Circular”, seguindo-se, às 16h30, a palestra “A Praia da Vitória na Circular Net”, protagonizada por Telma Oliveira. A Feira de Ambiente encerra, no período de 20 a 26 de maio, às 19h00.

No domingo, entre as 10h00 e as 12h00 e das 14h00 às 16h00, estão previstos passeios de barco na baía da Praia da Vitória para grupos, que envolvem inscrição prévia pelo endereço de correio eletrónico: cia@cmpv.pt . O espaço da feira abre às 10h00.

Na segunda-feira, a abertura da Feira tem início às 09h00, com a visita de escolas, estando prevista, pelas 16h00, a palestra “Migração da enguia: património natural ou recurso nos Açores?”, ministrada por José Azevedo. Meia hora depois decorre a sessão “Bioeconomia Azul”, pela Fundação Oceano Azul.

No âmbito do Dia Europeu dos Parques Naturais, assinalado na terça-feira, as escolas marcam presença na Feira, a partir das 09h00, estando previstas duas visitas às instalações ambientais da Base Aérea N.º 4, mediante inscrição prévia para cia@cmpv.pt. (válidas por ordem de chegada).

Na quinta-feira, às 09h00, o espaço da feira reabre com a vista de escolas, estando previsto entre as 11h00 e as 12h00 e das 13h00 às 14h00 uma dinâmica com jogos tradicionais que envolverá as mesmas. Pelas 16h00, no mesmo local, decorre a atuação do grupo “TB Jazz Ensemble”, da Ecoescola Tomás de Borba. Uma hora depois tem início o momento musical protagonizado pelo grupo “Junior Ensemble”, da Escola Básica Integrada da Praia da Vitória. A cerimónia de encerramento tem início às 18h00.

AA/CMPV