AMIP defende aumento da pista do Aeroporto do Pico

A Associação de Municípios da Ilha do Pico (AMIP) apelou ao Governo Regional dos Açores para que assuma a melhoria das condições de operacionalidade da pista do Aeroporto do Pico.

Em conferência de imprensa para abordar as ligações aéreas entre Lisboa e o Pico, o Presidente da AMIP e simultaneamente Presidente da Câmara Municipal de São Roque, Mark Silveira, assumiu que a solução de aumento da pista deve ser um investimento prioritário do Governo: “A melhoria das condições de operacionalidade e de segurança do Aeroporto do Pico tem sido um dos nossos objetivos desde que assumimos a presidência das respetivas Câmaras. Algum trabalho já foi feito, com a implementação do grooving e a instalação do sistema ILS, mas é fundamental que se avance com o aumento da pista e a solução deve obedecer à melhor relação custo/benefício permitindo a operação da maioria das aeronaves de médio curso sem limitações”.

Na ocasião o Presidente da Câmara da Madalena, José António Soares, sublinhou que os investimentos em curso e programados para o Pico “justificam” a pretensão de ampliação: “Os números registados pela procura do Aeroporto do Pico e os investimentos realizados, ou em curso no todo da ilha. É importante que esses investimentos para terem sucesso possam encontrar uma solução na operacionalidade e segurança da pista do Aeroporto do Pico”.

Roberto Silva, Presidente da Câmara das Lajes, deixou por seu turno o repto ao Governo para que “sinalize” o projeto nos apoios do próximo Quadro Comunitário da Apoio, permitindo que a Região assuma 15 por cento do investimento numa infraestrutura “fundamental” para a ilha e para os residentes em São Jorge, com o objetivo de contribuir para “reduzir o número de cancelamentos, bem como para criar maior dinamização empresarial e económica, além de potenciar mais investimento e mais emprego”.

Na ocasião, Mark Silveira registou por outro lado “enorme satisfação” com a recente decisão do Grupo SATA em assumir a realização, pela primeira vez, durante o verão IATA de cinco ligações semanais na rota Lisboa-Pico-Lisboa.

“Este era um objetivo há muito reivindicado pela AMIP e por outras entidades e grupos de pessoas, que felizmente agora se concretizou. Desde que assumimos a presidência das Câmaras assistimos à implementação do terceiro, do quarto e agora do quinto voo semanal. Este quinto voo semanal é mais um passo rumo ao que desejamos de uma ligação diária, sendo esta decisão a resposta natural da oferta à procura que tem vindo a crescer pelo destino Pico, principalmente no atual período de pandemia, com a ilha a recuperar rapidamente e com pujança os índices de procura anteriores”, afirmou o Presidente da AMIP e da Câmara Municipal de São Roque do Pico.

AA/CMSRP