Andrei Chindris reforça Santa Clara

A Santa Clara Açores, Futebol S.A.D chegou a acordo com o FC Botosani para a cedência, a título definitivo, do passe do atleta Andrei Chindris. 

O central, internacional romeno de 22 anos, reforça o CD Santa Clara após quatro temporadas ao serviço do FC Botosani, clube do principal escalão do futebol romeno e que na época transata participou na Liga Europa. O atleta competiu também ao serviço da seleção romena de sub-21 no Europeu daquela geração, ocorrido este ano, tendo sido ainda convocado para representar o seu
país nos Jogos Olímpicos de Tóquio, jogando 78 minutos diante da seleção da Nova Zelândia.

 A versatilidade é uma caraterística proeminente no jogo do internacional romeno. Para além de central, a sua posição de origem, o jogador pode desempenhar funções enquanto lateral, em ambas as faixas do terreno, apresentando facilidade de jogo com ambos os pés.

 Forte fisicamente, dotado de uma leitura de jogo assinalável, Chindris é um central moderno, conhecedor da exigência do futebol europeu e com uma imensa margem de progressão, fruto da sua tenra idade. Para além da capacidade de desarme e da robustez do seu jogo aéreo, aspetos fundamentais para um elemento do sector mais recuado do terreno, apresenta facilidade na primeira fase de construção e de ligação ao sector intermédio, fazendo uso da sua qualidade de passe.

 ‘Estou muito orgulhoso por poder chegar ao futebol português. O CD Santa Clara é um clube grande em Portugal’, disse o central, o último reforço encarnado nesta janela de transferências. Com a chegada do romeno, fica fechado o plantel para a temporada 21/22, às ordens do mister Daniel Ramos.

AA/CDSC