AnimaPIX Prémio 2021 premeia conto de Isabel Mateus 

AnimaPIX é o festival de animação na ilha do Pico. MiratecArts, a entidade organizadora do festival, aproveita assim o Dia Mundial da Animação para anunciar a volta do festival, ao vivo, de 1 a 5 de dezembro, na Biblioteca Auditório da Madalena, assim como também o anúncio da recipiente do inaugural AnimaPIX Prémio. 

Sendo assim, Isabel Mateus, com o conto “O menino que queria ver a baleia-azul passar nos Açores” recebe o AnimaPIX Prémio 2021 – Conto.

No conto de Isabel Mateus, reaviva-se por certo a memória da tradicional caça à baleia praticada nos Açores que foi, desde finais do século XIX, o ganha-pão de muitas famílias das ilhas. E persegue-se, sobretudo, o sonho novo de um presente com futuro: a preservação das baleias através de uma observação responsável. “Ao ler este conto, mirei-me ao espelho do tempo. E nesse retrovisor senti-me, de novo, criança,” descreve o Diretor do Museu do Pico, Manuel Costa Junior, um dos primeiros a ler o conto.  

Isabel Mateus obteve o grau de doutora em Literatura Portuguesa da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, onde reside desde 2001. Com uma vasta obra, é mais conhecida por abordar temáticas sobre Portugal rural e a diáspora. Tem livros traduzidos para inglês, francês e chinês. No âmbito da literatura infantojuvenil tem várias obras no Plano Nacional de Leitura. 

A próxima etapa para o conto é de ser ilustrado e publicado. Para a MiratecArts, este prémio pretende ser anual, em relação aos objetivos do festival e o Prémio em 2022 será dedicado à ilustração. 

AA/MA