Apoios do PRORURAL+ aos agricultores não vão sofrer rateios

Segundo o Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, os agricultores não vão receber cortes nos apoios anunciados através do PRORURAL+.

António Ventura falava após uma reunião por videoconferência com a direção da Federação Agrícola dos Açores, onde assumiu ter recebido “um conjunto de reivindicações” e onde anunciou esta medida, que considerou ser uma “situação que é benéfica e que vai trazer liquidez às explorações agrícolas”.

Segundo explicou o governante, está aberto o período de candidaturas dos agricultores aos apoios diretos, tendo o Governo Regional aberto, nesse período de candidatura, “a possibilidade dos agricultores se candidatarem a novas áreas e haver novas candidaturas a esses mesmos apoios”.

“Os agricultores têm sido os profissionais que têm estado todos os dias a trabalhar nesta situação de dificuldade e de pandemia e têm sofrido as consequências em termos de rendimento”, justificou António Ventura.

Nesse sentido, o Secretário Regional da Agricultura disse que o ideal seria existir o “preço justo” pago ao produtor, garantindo que o Executivo Açoriano vai estudar o assunto “para que seja uma realidade” na Região Autónoma dos Açores e “para que o agricultor viva, em termos de rendimento, daquilo que produz e não das compensações pela perda de rendimento”.

AA/GRA