Aprovados nove novos percursos pedestres na rede regional dos Açores

No âmbito da reunião da Comissão de Acompanhamento de Percursos Pedestres (CAPP), foram discutidas as novas propostas de percursos pedestres apresentadas a esta entidade.

De acordo com a Comissão, nove das propostas apresentadas reuniram as condições necessárias para serem integradas na rede regional de percursos pedestres, que passa a contabilizar 95 percursos pedestres oficiais, um incremento de 75km, passando a uma extensão total de 830 km.

Foi aprovada uma nova Grande Rota, na ilha Terceira, com cerca de 34 km, que eleva para 7 o número total de Grandes Rotas no arquipélago.

Assim, após aprovação das diferentes propostas, a Terceira verá a extensão total da sua rede de percursos pedestres passar de 46,4 km para 101,3 km, a Graciosa de 47,2 km para 70,3 km, São Jorge de 114,8 km para 122,8 km e Pico manterá os 128 km, tendo em conta que a proposta apresentada pretende substituir outra existente, com vista à melhoria e qualificação da oferta de percursos pedestres nesta ilha.

Os promotores das novas propostas, maioritariamente municípios e juntas de freguesia, que viram as suas propostas aprovadas têm agora 12 meses para implementar os traçados aprovados, prevendo-se a abertura de algumas destas novas propostas ainda no decorrer deste verão. À Direção Regional do Turismo competirá implementar toda a sinalética, painéis informativos e comunicação destes novos 106,3 km de percursos pedestres.

É de referir que será agendada, para breve, nova reunião da comissão para análise e aprovação de outras 5 propostas que, por questões administrativas, viram a sua aprovação adiada, considerando-se que essas propostas apresentam potencial para igualmente integrar a rede oficial de percursos pedestres regional.

Os Açores veem, assim, reforçada a rede de percursos pedestres, valorizando o produto turístico do pedestrianismo, que é considerado um dos produtos nucleares e mais procurados por quem visita o destino. Para além da diversificação dos percursos pedestres, com itinerários que permitem disfrutar de novas paisagens, os novos trilhos darão o seu contributo para uma melhor distribuição dos fluxos turísticos pelas nove ilhas dos Açores.

Relembra uma nota do executivo regional que a atual Comissão de Acompanhamento de Percursos Pedestres é constituída por um representante de cada uma das seguintes entidades: Direção Regional do Turismo, que preside; Direção Regional do Ambiente e Alterações Climáticas; Direção Regional dos Recursos Florestais, Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, Associação do Turismo dos Açores, Associação na área do Pedestrianismo, Delegação Regional da Associação Nacional das Freguesias.

AA/GRA