Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas inaugura duas exposições em setembro

A Direção Regional da Cultura, através do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, localizado na Ribeira Grande, em São Miguel, inaugura sexta-feira, 4 de setembro, a exposição “Exercícios de Memória”, de Luís Brum, que apresenta os primeiros trabalhos na área da escultura deste artista terceirense.

Licenciado em Paisagismo, Luís Brum trabalhou em Barcelona no ateliê OPR de arquitetura até 2010, regressando depois a Portugal, onde continua um trabalho de investigação e intervenção urbana que o coloca em contacto com temas de ecossociologia.

O Centro de Artes Contemporâneas inaugura, por outro lado, a 25 de setembro, a exposição “Epicentro: Milagre”, com curadoria de António Pedro Lopes, Luís Banrezes, Márcio Laranjeira e Joaquim Durães. 

Nesta exposição, Berru, Tito Mouraz, João Ferreira, Francisco Lacerda, Vicent Moon e Priscila Telmon trabalham o som, a fotografia, o cinema e a instalação como disparadores do processo criativo.

Para além destas exposições, o Arquipélago acolhe, entre 3 e 12 de setembro, uma Residência Artística de Paula Diogo denominada “Terra Nullius”.

Este projeto de investigação explora as temáticas do isolamento e a forma como lidamos com questões territoriais e também o que acontece quando somos confrontados com o outro.

AA/Gacs