Atividades culturais e de desenvolvimento pessoal em formações na Academia de Juventude

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, e responsável pelo pelouro da Cultura, Carlos Armando Costa, faz um balanço positivo das formações da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira nas vertentes culturais e de desenvolvimento pessoal, revelando “grande satisfação” com a adesão a esta oferta formativa no seu geral.

“Registamos uma procura bastante interessante em toda a oferta formativa lançada, havendo casos em que as vagas disponíveis acabaram mesmo por esgotar. Todas estas formações foram criadas com o intuito de se poder continuar a construir uma dinâmica cultural e de aprendizagem na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira. É com grande satisfação que vimos esta iniciativa ser correspondida com uma grande procura, quer na oferta formativa cultural, quer na de desenvolvimento pessoal, o que nos motiva a continuar a apostar numa oferta atrativa e diferenciadora”, sublinha o autarca praiense.

A Câmara Municipal da Praia da Vitória lançou, no primeiro semestre deste ano, formações em piano, dança, guitarra elétrica, bandolim, viola-da-terra e yoga e meditação, assim como as formações em desenvolvimento pessoal (“Gerir Conflitos”; “Comunicar em Público”; e “Comunicar Assertivamente”).

De salientar que a formação em Teatro para Jovens culminou com uma peça de teatro, intitulada “Plano”, onde todo o elenco foi composto pelos recém-formados dessa mesma formação promovida pela Cooperativa Praia Cultural.

“Como já referi anteriormente, é de louvar o esforço de todos os envolvidos, desde os patrocinadores, aos formandos e aos encenadores, por conseguirem criar uma peça de teatro única que envolveu toda a comunidade desde os ensaios, até à sua estreia no Auditório do Ramo Grande. Deixo o meu agradecimento a todos pela participação e pelo contributo à atividade cultural no Concelho”, sublinhou Carlos Armando Costa.

Lúcia Moniz e Paulo Quedas, que foram simultaneamente formadores e encenadores desta peça, relatam que ao ensaiar um “grupo de jovens em que grande parte nunca teve contacto com um palco” acabaram por “perceber que existe um lugar de aprendizagem mútua”, onde “a partilha de experiências, vivências e emoções de cada uma destas pessoas levaram-nos por caminhos que não eram previsíveis”.

Os encenadores referem também que o “feedback acabou por ultrapassar qualquer expectativa”, salientando que “existiu uma profunda relação com os temas que foram abordados na peça, onde houve um sentimento de empatia geral pelas inquietações destes jovens e uma necessidade em dar voz a estas novas gerações”, para além de “um conformsmo cultural do que é expectável ver num teatro” por parte da plateia.

Quanto ao futuro, sublinham que “este trabalho mostrou, sobretudo, que existem muitos jovens na Ilha Terceira que querem comunicar artisticamente. Com uma primeira fase tão positiva é muito claro para nós que queremos poder continuar a produzir um trabalho artístico de partilha e envolvente que inquiete, surpreenda e questione as vidas destes jovens”.

No final de junho e início de julho, a Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira acolhe dois workshops em música e narração oral, ministradas pelo coletivo “O Som do Algodão”.

“Cantarolando: Contos e Exploração Sonora” é o nome do workshop que irá decorrer a 30 de junho e a 02 de julho, das 18h30 às 21h30, numa ação de formação que trabalha o conto e a exploração sonora de forma integrada. Já a 05 e 07 de julho, realiza-se o workshop “Poemário | Poemas e Paisagens Sonoras” com o horário das 18h30 às 21h30. Nesta ação formativa será trabalhada a abordagem à poesia e às lengalengas em contexto escolar de forma integrada.

As inscrições estão abertas até 23 de junho e podem ser efetuadas ligando para o 295 545 701; enviando um email para formacoes@praiacultural.pt; ou dirigindo-se à Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira, que se encontra a funcionar das 09h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira. Podem inscrever-se também acedendo ao link: www.linktr.ee/praiacultural. Depois deverá selecionar qual o workshop pretendido e, finalmente, deve proceder ao preenchimento dos dados que lhe são pedidos.

AA/CMPV