Autarquia vai distribuir 119 mil euros por 26 estabelecimentos que tiveram de encerrar em abril

A Câmara Municipal de Vila Franca do Campo vai apoiar 26 estabelecimentos que tiveram de encerrar, a partir do mês de abril, (como medida restritiva de combate à Covid-19), desembolsando para o efeito, 118 mil e 908 euros. O referido apoio foi aprovado na reunião de Câmara e insere-se em Regulamento Municipal.

No artigo 12º-A do regulamento, referente a “Situações de Calamidade”, pode ler-se que a Câmara Municipal pode decretar o fecho dos estabelecimentos comerciais, nos casos em que tenha sido decretado o estado de emergência com base numa situação de calamidade e como forma de combater a propagação de doenças epidemiológicas no concelho, bem como, de forma a mitigar os efeitos económicos provocados por esse fecho, caso este tenha uma duração superior a três dias seguidos ou 10 interpolados e se verifique de forma recorrente nos últimos 6 meses, a Câmara Municipal compensará esses comerciantes com a atribuição de uma indemnização correspondente à média do rendimento obtido nos três meses anteriores ao fecho (sem incluir o IVA).

Do elenco destes estabelecimentos, apenas 19 ainda não se candidataram à compensação.

Refere uma nota da edilidade que os comerciantes do concelho, que preencham os critérios para a sua obtenção e ainda não se candidataram a este apoio, devem fazê-lo até ao final do corrente mês.

AA/CMVFC