Azores 2027: Municípios celebram parceria para “candidatura que nos aproxima e que nos vai beneficiar”

Os Municípios dos Açores celebraram uma parceria conjunta para apoiar e promover o projeto de Ponta Delgada|Açores a Capital Europeia da Cultura em 2027, “candidatura que nos aproxima, entusiasma e que nos vai beneficiar”, sublinhou na ocasião a Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada.

O evento, que decorreu em Santa Cruz da Graciosa, juntou os autarcas dos Municípios que integram a Rede de Parceiros do Azores 2027, promovido pela autarquia de Ponta Delgada, com o apoio do Governo Regional dos Açores, que é co-promotor do projeto.

Segundo Maria José Lemos Duarte, o documento assinado pelos Municípios açorianos “notabiliza o futuro das nossas relações nos diferentes domínios para os quais temos interesses comuns”, a começar no projeto de candidatura ao maior evento cultural da Europa, que “promove a auto-estima, a energia e a ambição dos açorianos”, declarou.

“Esta parceria é a expressão da disponibilidade das nove ilhas para a cooperação em torno de um objetivo transversal e partilhado como o da valorização e promoção de um território arquipélago enriquecido pelas suas diferenças”, disse, antecipando que deste encontro irá resultar uma “vibrante proposta de celebração do nosso amor aos Açores”.

Ponta Delgada decidiu-se por esta candidatura “sem equívocos”: “estimulando o diálogo; valorizando a pluralidade e a diversidade; promovendo o encontro, a união e a convergência, valores da Europa de que somos parte e que vamos celebrar nesta candidatura; e integrando a cidadania, que é um compromisso estruturante deste projeto”.

Maria José Lemos Duarte acredita que os Açores, “com a sua História, geografia e com a sua Natureza”, têm “todas as condições” para defender uma candidatura “a pensar no futuro da Região”, que constitui uma “oportunidade inigualável e de uma geração” para lançar as bases para o desenvolvimento sustentável, através de “políticas públicas culturais geradoras de riqueza, bem-estar, coesão social e económica na Região”.

“Cabe-nos, decisores públicos, definir as prioridades certas e estabelecer as estratégias adequadas para que os nossos municípios possam beneficiar do impacto da organização deste grande evento europeu na sua atividade económica; na criação de emprego; na dinamização do turismo e do investimento cultural em toda a sua amplitude. Foi assim nas cidades e regiões que receberam o galardão”, frisou.

Todos os Municípios dos Açores formalizaram o seu apoio ao Azores 2027. Ontem, na assinatura da parceria conjunta participaram os presidentes das autarquias de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar; de Lagoa, Cristina Calisto; do Nordeste, António Miguel Soares; da Praia da Vitória, Tibério Dinis; da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio; de Velas, Luís Silveira; e de Vila Franco do Campo, Ricardo Rodrigues.

Participaram também a Vice-Presidente da Câmara Municipal da Madalena, Catarina Manito, os vereadores Guido Teles, de Angra do Heroísmo; Lubélio Mendonça, do Corvo; Filipe Menezes, da Horta; Ricardo Carvalho e Sousa, de Vila do Porto; e o representante do Município da Povoação, Sérgio Medeiros.

Intervieram ainda na sessão o Presidente da Câmara de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar, e o Diretor Artístico da candidatura Azores 2027, António Pedro Lopes.

Vanessa Canto, bailarina, da ilha Terceira, e Tiago Pavão, músico (Viola da Terra e Saxofone), da ilha Graciosa, asseguraram os momentos artísticos da sessão, que arrancou com o poema “Rocha do Mar”, de Vitorio Nemésio, por Manuel Jorge Lobão.

AA/CMPD