Biblioteca de Angra promove encontro com o escritor António Carlos Cortez

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital, por via da Direção Regional da Cultura, através da Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro (BPARLSR), promove, no dia 30 de outubro, pelas 18h00, a realização da iniciativa “Encontro com o Escritor” com a presença de António Carlos Cortez. 

O premiado autor de “Diamante”, publicado no passado mês de agosto, dinamizará um momento de partilha com o público, onde a temática principal será a poesia. 

“Encontro com o Escritor” é um projeto que a Biblioteca promove, ao longo dos últimos anos, com o objetivo de reunir os autores aos seus leitores, dando a conhecer a sua vida e obra.

Com inscrições limitadas, os interessados em participar, deverão inscrever-se até ao dia 29 de outubro, através do número de telefone 295 401 000, ou enviando um e-mail com o nome e contacto para o endereço eletrónico: comunicacao.bparlsr@azores.gov.pt (inscrições limitadas).

António Carlos Cortez, nascido em Lisboa em 1976, é poeta, ensaísta e crítico literário, e professor de Português e de Literatura Portuguesa e investigador do CEHUM (Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho).

Publicou o seu primeiro livro de poesia em 1999 e, em 2011, recebeu, com “Depois de Dezembro” (Licorne), o Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores para melhor livro de poesia publicado em Portugal em 2010. 

Na sua obra destacam-se os seguintes livros: “O Nome Negro” (2013), “Animais Feridos” (2016), a antologia “A Dor Concreta” (2016) – vencedora do Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes da Associação Portuguesa de Escritores em 2018 –, e “Jaguar (2019)” – galardoado em 2020 com o Prémio Literário Ruy Belo e o Prémio de Poesia António Gedeão/FENFROF. 

É ainda autor dos livros de ensaio “Nos Passos da Poesia – A Pedagogia do Texto Lírico” (2005), “Voltar a Ler” (2019), “Poética com Dicção – 16 Poetas Brasileiros para Ler Hoje” (2020) e “Crítica Crónica” (2021), tendo obras publicadas no México e no Brasil, além de estar incluído em várias antologias de poesia em Portugal e no estrangeiro.

AA/GRA