Calheta atribui apoio aos Bombeiros Voluntários

Atentos ao profícuo trabalho da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Calheta, assim como à importância de assegurar a concretização das atividades sociais daquela corporação, na sua nobre missão de serviço comunitário, a Câmara Municipal de Calheta, ilha de São Jorge, deliberou, por unanimidade, atribuir à instituição uma verba € 30.000.00 (trinta mil euros).

A este respeito, lembra a edilidade que recentemente foi assinado um contrato de cedência de equipamentos a esta entidade no valor de € 100.000.00 (cem mil euros) com o objetivo de aumentar a resiliência a situações de catástrofes naturais e permitir intervir com maior proficiência e capacidade de resposta aos diferentes fenómenos.

Entretanto, a Câmara da Calheta, atenta à importância de corporizar um efetivo serviço de proteção civil e às demais entidades que com ele colaboram, atribuiu à União de Radioamadores dos Açores uma verba no valor de € 817.61 (oitocentos e dezassete euros e sessenta e um cêntimos) com o objetivo de melhor as condições de operacionalidade de um repetidor de comunicações em VHF no lugar de São Tomé (Freguesia de Santo Antão), permitindo a esta instituição, em caso de catástrofe, servir de plataforma de apoio às comunicações a partir de São Jorge, com outros radioamadores e com o Serviço Regional de Protecção Civil.

AA/CMC