Câmara apresenta Estratégia de Valorização da Zona Balnear das Escaleiras

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória apresentará, na próxima segunda-feira, dia 21 de dezembro, a Estratégia de Valorização da Zona Balnear das Escaleiras, na Freguesia da Vila Nova, visando a melhoria das condições de utilização e segurança e uma valorização social e turística do local.

Esta apresentação insere-se no âmbito da “Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho”, que, na próxima semana, encerra o calendário anual de visitas do executivo municipal a todas as localidades da Praia da Vitória e realizar-se-á na Casa do Povo da Vila Nova, pelas 18h00.

Esta é apenas uma das muitas ações previstas executar, na próxima segunda-feira, pela equipa liderada por Tibério Dinis, considerando que estão agendadas outras visitas e reuniões com instituições, empresas e munícipes vilanovenses.

Na Casa do Povo da Vila Nova, durante a tarde de segunda-feira, estarão os membros do executivo municipal para receber os munícipes que tenham assuntos a tratar, sendo que, como se tem vindo a verificar, por causa da situação pandémica, todos os munícipes que precisem reunir com os membros da Câmara Municipal devem proceder à marcação prévia da audiência, através de contacto para o Gabinete da Presidência da Câmara Municipal, até ao próximo dia 18 de dezembro, através dos contactos 295 540 200/211 ou para o endereço de correio eletrónico gabinete.presidencia@cmpv.pt, indicando-se o nome, contacto e assunto a tratar.

Recorde-se que a “Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho” é uma ação de proximidade com as populações e instituições, implementada pelo atual executivo camarário da Praia da Vitória, realizando-se desde o início do mandato autárquico e que, em 2021, voltará a suceder. Este ano, por força da situação pandémica e da realização de eleições Regionais, estas ações foram interrompidas durante alguns períodos, sendo o seu calendário adaptado, terminando assim a deslocação a todas as parcelas concelhias, dos Biscoitos ao Porto Martins, no próximo dia 21.

O Presidente do Município salienta que “o reforço da proximidade com os cidadãos, mesmo que nestas novas circunstâncias, permite à Câmara Municipal, de forma concreta e real, determinar as problemáticas de cada uma das nossas Freguesias e Vila”, pelo que “só através desta união de esforços, entre todas as instituições, estamos a potenciar o desenvolvimento local e, acima de tudo, a colmatar as necessidades dos nossos munícipes e esta é a nossa maior preocupação”, uma vez que, finaliza, “temos de garantir as condições necessárias ao bem-estar das comunidades que constituem a Praia da Vitória”.

A Freguesia da Vila Nova é uma das mais antigas localidades da ilha Terceira, tendo sido erguida paróquia antes de 1482. O seu nome – Vila Nova – está relacionado com o facto de o Capitão Donatário da Praia, Antão Martins Homem, ter desejado criar, à época, mais uma Vila na sua capitania. Ao longo da sua história, a Freguesia com perto de 1800 habitantes e cerca de 8 quilómetros quadrados, manteve a sua estrutura rural, sendo a agricultura e a pecuária as principais áreas de atividade económica, destacando-se ainda o setor das pescas. No início do povoamento, a Vila Nova era um dos locais de maior atividade comercial da ilha, por ali existirem muitos tratantes de mercadorias, ferreiros, serralheiros, ferradores, carpinteiros, tecelões e sapateiros.

AA/CMPV