Câmara apresenta projeto das novas instalações do bar e balneários da Praia da Riviera

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória apresentará, na próxima segunda-feira, o Projeto das novas instalações do bar e balneários da praia da Riviera, na Freguesia do Cabo da Praia, no âmbito da “Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho”.

Esta apresentação decorrerá em sessão pública (considerando que o Concelho está declarado pelas autoridades de saúde como de muito baixo risco, podendo, no entanto, ser alterada caso a atual situação epidemiológica venha a piorar), pelas 18h00, na Casa do Povo do Cabo da Praia, sendo cumpridas todas as normas de proteção e salvaguarda da saúde pública, como distanciamento social, uso obrigatório de máscara e higienização das mãos.

“A zona balnear da praia da Riviera – uma das zonas distinguida com o galardão de Bandeira Azul da Europa na Praia da Vitória – tem vindo, ano após ano, a registar uma procura cada vez maior de pessoas para a prática balnear, pelo que o Município, dando seguimento a um vasto conjunto de investimento na melhoria das condições de bem-estar, segurança e higiene das zonas balneares do Concelho, dará início à concretização de um compromisso assumido, tendo em vista a edificação de novas instalações de bar e balneários naquela praia”, afirma Tibério Dinis.

A este propósito, recorde-se, nos últimos tempos, a Autarquia apresentou vários projetos de valorização e melhoria das condições de zonas balneares em várias freguesias do Concelho, nomeadamente a Estratégia de Valorização das Zonas Balneares da Freguesia do Porto Martins (onde se vão realizar investimentos municipais e privados que visam melhorar as condições de utilização das Piscinas Naturais, do Porto Sr. Guilherme e da Baía das Canas), o Projeto de Valorização do espaço envolvente da Zona Balnear das Escaleiras, na Freguesia de Vila Nova (onde nascerá uma nova zona de lazer e percurso pedonal) e o Projeto de Valorização da Zona Balnear da Calheta dos Lagadores e Fonte das Pombas, na Freguesia dos Biscoitos (onde serão criadas infraestruturas de apoio como bar, sanitários, balneários e arrumos dos nadadores salvadores, entre outras melhorias).

Na Freguesia do Cabo da Praia, para além da apresentação deste novo projeto de valorização de uma zona balnear do Concelho, a “Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho” – um exercício de política de proximidade aos cidadãos e às instituições de todas as localidades da Praia da Vitória, dedicará o dia a reunir e visitar as coletividades e instituições da Freguesia, bem como empresas e investimentos municipais em curso, havendo ainda espaço para audiências a munícipes e à realização da reunião pública de Câmara.

As audiências aos munícipes decorrerão na Casa do Povo do Cabo da Praia, devendo as mesmas ser agendadas previamente pelos interessados em falar com os membros do executivo municipal, através de contacto para o Gabinete da Presidência da Câmara Municipal, até ao próximo dia 4 de março, por telefone (295 540 200/211) ou correio eletrónico (gabinete.presidencia@cmpv.pt), indicando o nome, contacto e assunto a tratar.

A Freguesia

A Freguesia do Cabo da Praia (ou Freguesia de Santa Catarina do Cabo da Praia, segundo documentos históricos) existe, pelo menos, desde 1470. O seu nome, “Cabo da Praia”, resulta do facto da primitiva ermida do local ter sido erigida no fim do areal da praia. Localizada num aprazível lugar à beira mar, voltada ao nascente e a apenas quatro quilómetros da sede do Concelho, o seu território abrange cerca de 6,65 quilómetros quadrados, albergando perto de oito centenas de residentes.

No Cabo da Praia, dada a proximidade ao mar, nasceu o Porto Oceânico da Ilha Terceira e está instalada a maior zona industrial e comercial da ilha, tendo a Freguesia vários fatores de interesse social e cultural, como o Paul da Pedreira e o Centro de Interpretação Ambiental da Infraestrutura Verde Húmida Costeira da Praia da Vitória, a praia da Riviera, o Forte de Santa Catarina, a Casa do Camponês, para além do património religioso, bem como é muito procurada por surfistas locais e estrangeiros para a prática da modalidade na famosa “onda de Santa Catarina”.

AA/CMPV