Câmara da Horta investe na reabilitação do sistema de abastecimento público de água

O setor da água constitui uma prioridade para a Câmara Municipal da Horta, estando inscritos no Plano e Orçamento do Município para 2022 cerca de 1,5 milhões de euros.

“O Município está a desenvolver trabalhos de reabilitação de diversos furos de abastecimento de água na Ilha do Faial, tendo em conta a necessidade e urgência de uma intervenção para assegurar a qualidade e segurança da água distribuída”, revelou o Presidente da Câmara Municipal da Horta, exemplificando com a recuperação dos furos do Lameiro Grande, nos Flamengos, Maria Dias, nos Cedros, e Fonte do Rego, na freguesia da Feteira.

A par da reabilitação dos existentes, o autarca prevê a perfuração de um novo furo na freguesia dos Flamengos, na zona do Farrobo. “Estamos nesta fase a proceder à aquisição dos terrenos para avançar com a obra em 2023” e acrescentou que “atendendo a que alguns furos têm idade superior a 50 anos será necessário iniciar um processo de auditoria a todos os furos do Município, que resultará num relatório onde será incluída uma proposta de investimento para novos furos de abastecimento de água”.

Ainda na freguesia dos Flamengos, Carlos Ferreira lembrou que “está a decorrer uma das maiores obras deste mandato: a Adutora Flamengos/Horta, na qual está incluída a requalificação da Rua Formosa e da Rua de São Lourenço”.

Na audição da Comissão de Política Geral da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, realizada no âmbito da petição “Pelo fornecimento de água para consumo humano e energia elétrica no Largo Jaime de Melo”, o autarca mencionou outros investimentos em curso.

“Já foram substituídas condutas em fibrocimento na Canada do Marau e no lado norte da Rua Januário de Andrade (freguesia da Praia do Norte), Canada dos Arrendamentos (Angústias), Rua da Arramada (Castelo Branco), Calço do Porto e Rua do Chão Frio (Praia do Almoxarife), estando em fase de execução a substituição das condutas do lado sul da Rua Januário de Andrade, Caminho do Porto em Pedro Miguel, e posteriormente a Calçada Major Ávila, na Matriz”, revelou o edil, lembrando que a ilha do Faial tem 22 quilómetros de condutas de abastecimento de água em fibrocimento, condutas que o Executivo pretende substituir de forma planeada e eficaz”.

Ademais, o Município investirá, ainda este ano, na substituição de todo o mecanismo hidráulico dos tanques do Paiol, reservatórios que são responsáveis pelo abastecimento de cerca de 40% da cidade da Horta.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal, este ano já foram recuperadas 50% das nascentes de água da ilha do Faial, prevendo-se a recuperação das restantes nascentes e travessias de linha de água em 2023.

AA/CMH