Câmara da Povoação associa-se ao mês da prevenção dos maus tratos na infância

Neste mês em que se assinala a “Prevenção dos Maus Tratos na Infância” a Câmara Municipal da Povoação associou-se à campanha com um gesto simbólico, afixando um laço azul no alçado principal dos Paços do Concelho, de forma a consciencializar a comunidade para esta problemática.

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Povoação, na missão de promover e proteger os direitos da criança, reforçando uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal, física ou psicológica, também irá afixar laços azuis nas janelas da sede, bem como convidar a Escola Básica e Secundária da Povoação a desenvolver um conjunto de atividades junto dos alunos, nomeadamente a elaboração de uma pulseira azul com as turmas participantes do pré-escolar e 1.º ciclo. Já para os alunos do 2.º e 3.º ciclos a intenção é abordar a temática nas aulas de cidadania, através da história do laço azul. Os Centros de Atividades e Tempos Livres também serão convidados a criar um laço azul para afixar nas respetivas sedes.

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W.Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro com o intuito de fazer com que as pessoas se questionassem sobre aquele gesto. A história que Bonnie Finney contou aos elementos da sua comunidade foi trágica, sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma igualmente brutal. Ela escolheu o tom azul porque apesar ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

AA/CMP