Câmara de Lagoa lamenta falecimento de Jorge de Medeiros Borges

Foi com profundo pesar e consternação que a Câmara Municipal de Lagoa tomou conhecimento do falecimento do senhor Jorge João de Medeiros Borges. Pessoa de enorme sensibilidade e humanismo, foi também um grande impulsionador dos projetos sociais no concelho.

Jorge João Borges foi funcionário dos CTT durante anos, empresa onde ocupou o lugar de Diretor Regional dos Correios dos Açores, mas é a ele que se fica a dever a fundação da Santa Casa da Misericórdia de Santo António de Lagoa – Açores, instituição onde durante anos assumiu o lugar de Provedor e defendeu, de forma voluntária e com grande mérito, vários investimentos de natureza social.

Prestou relevantes serviços à comunidade lagoense, destacando-se a criação do Lar para Jovens em Risco, o Centro de Convívio de Idosos de Santa Cruz e Água de Pau, o ATL de Santa Cruz, a construção do Lar de Santo António e foi o responsável pela distribuição de alimentos do Banco Alimentar contra a Fome no concelho.

A sua ação foi sempre intensa, coerente e reveladora de grande determinação para com o desenvolvimento da Lagoa, não esquecendo o seu abnegado trabalho social, desempenhado com muita entrega, dignidade e humanidade.

Ao longo da sua vida manteve sempre uma postura exemplar, sendo um homem de princípios e valores, um excelente ser humano e um exemplo enquanto pessoa e cidadão, de trato educado e fácil, que gozava da simpatia de todos com quem se relacionava.

Pelas considerações expostas foi homenageado pela Câmara Municipal com a medalha de Mérito Social, em deliberação de 19 de outubro de 2004.

É com grande consternação e enorme pesar que a Câmara Municipal de Lagoa lamenta o falecimento do cidadão Jorge João Borges.

AA/CML