Câmara de Ponta Delgada aprova novo pacote de medidas de apoio à economia

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou, por unanimidade, em Reunião de Câmara, o novo pacote de quatro de medidas integradas no Fundo Municipal de Emergência Empresarial (FMEE), no caso “Ponta Delgada à Prova”, “(Re)Descobrir PDL”, “Animar PDL” e o “Apoio à Reestruturação e Inovação das Empresas”.

A execução destas medidas, direcionadas para os setores mais afetados pela pandemia de Covid-19, como a restauração, empresas de animação e guias de turismo, setor cultural e micro e pequenas empresas do concelho, tem um orçamento de 305 mil euros.

“As entidades públicas têm um papel decisivo no esforço e no trabalho coletivo com vista à retoma e à recuperação social. Os resultados alcançados com a sua execução mostram-nos que, efetivamente, estamos a fazer a diferença na dinamização económica e social do concelho”, explica a Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada.

Maria José Lemos Duarte sublinha que as medidas “Ponta Delgada à Prova”, “(Re)Descobrir PDL”, “Animar PDL” e o “Apoio à Reestruturação e Inovação das Empresas”, na sua primeira fase de execução, “beneficiaram empresas, trabalhadores e a população do concelho”.

“O investimento público municipal, em Ponta Delgada, está próximo das pessoas e das empresas. Só assim faz sentido. Estes apoios refletem o nosso investimento na capacitação humana, social e económica do concelho”, afirma a autarca.

“Ponta Delgada à Prova”, medida de apoio à restauração com efeito também na dinamização da cadeia de produção local, beneficiou 31 restaurantes aderentes, representando um investimento da autarquia de cerca de 99 mil euros e com um impacto direto no setor da restauração superior a 180 mil euros.

A “(Re) Descobrir PDL”, criada pela Câmara de Ponta Delgada para apoiar o setor do turismo, beneficiou 23 empresas abrangidas e 16 guias de turismo, permitindo ainda que 2170 munícipes usufruíssem de diferentes atividades de animação no concelho.

A “Animar PDL”, destinada aos artistas do concelho de Ponta Delgada, afirmou-se entre o setor cultural como uma importante medida de apoio, num quadro de dificuldades acrescidas para Cultura, abrangendo 131 artistas envolvidos em 116 concertos/atuações.

A medida de “Apoio à Reestruturação e Inovação das Empresas”, dedicada ao tecido empresarial do concelho, apoiou 55 micro e pequenas empresas de diferentes setores de atividade, como o do turismo, contabilidade e comércio, num investimento da autarquia de 50 mil euros.

AA/CMPD