Câmara de Ponta Delgada vai ter um Plano Municipal de Juventude

A Câmara Municipal de Ponta Delgada vai avançar com a elaboração do Plano Municipal de Juventude, um documento orientador que reforça o compromisso entre o Município e os jovens.

A decisão foi tomada no Conselho Municipal de Juventude (CMJ), presidido por Maria José Lemos Duarte, que acredita que este documento irá contribuir para a identificação de prioridades das políticas locais de juventude e melhorar e otimizar a oferta existente para os jovens. “Estamos cientes de que as políticas de juventude devem ser um eixo central da governação local”, afirmou a Presidente.

No encontro, que teve lugar na sala principal do Coliseu Micaelense, foi também aprovado por unanimidade avançar, a título experimental e até ao final do ano, com o transporte de passageiros entre a Universidade dos Açores e a Residência Universitária (serviço shuttle) e criar um logótipo para o Conselho Municipal de Juventude.

O Vereador que tutela a juventude, Paulo Mendes, avançou com a proposta de quatro iniciativas a desenvolver no próximo ano, nomeadamente a implementação dos programas Vai à Descoberta e Não Desistas (programa de apoio ao combate do abandono escolar) e a criação de apoios para as associações de jovens e para a empregabilidade.

Em reflexão também estiveram as ideias apresentadas pelos conselheiros, nomeadamente a criação do circuito do leite, cinema ao ar livre, domingo sem carros, paragens e abrigos, criação de banco de ideias, programa de apoio ao associativismo e  introdução no portal do Município de um separador dedicado à Juventude.

Também ficou em aberto a possibilidade de se assinalar em Ponta Delgada o Dia Mundial da Juventude e a eventual criação de uma comissão organizadora do evento.

As propostas serão sujeitas a votação na próxima reunião do Conselho.

O CMJ é presidido pela Presidente da Câmara Municipal, um membro de cada juventude partidária e representantes de associações juvenis, entre outras entidades.

AA/CMPD