Câmara do Nordeste cria Trail Run para promoção do concelho

A Câmara Municipal do Nordeste e parceiros apresentaram a 1ª edição do Trail Run Nordeste Real Priolo, que se realizará a 23 de outubro, envolvendo 400 participantes, na sua maioria da ilha de São Miguel mas também de outras ilhas e do continente português, estando inscritas cerca de 30 pessoas de fora da região.

O Trail Run Nordeste Real Priolo ultrapassa largamente as expetativas para uma primeira edição, o que deixa a organização bastante satisfeita e com expetativas ainda maiores para edições posteriores, como sublinhado pelo vice-presidente do município, Marco Mourão.

O Trail Run Real Priolo é organizado por três entidades, entre estas, a Câmara Municipal do Nordeste, através do Centro Desportivo e Recreativo do Nordeste, o Clube Desportivo e Cultural Juventude Ilha Verde (JIV) e a Associação de Atletismo de São Miguel, representados na conferência de imprensa de apresentação da prova por Marco Mourão, Hélder Camarinha, Paulo Costa e Rui Durão.

Os parceiros da prova sublinham a grande adesão que o lançamento do Trail Run Nordeste Real Priolo está a ter, verificando-se ainda a possibilidade de inscrição, mas limitada ao Percurso Curto. A prova inclui mais dois percursos, especificamente, um Percurso Longo, para atletas e adeptos com maior prática, e a possibilidade de Caminhada para iniciantes.

Esta primeira edição do Trail Run Nordeste tem uma participação muito significativa de clubes, cerca de 30 no total, oriundos de São Miguel, de outras ilhas e do continente português, o que prova o interesse dos trilhos propostos e a dinâmica envolvida.

Para a Associação de Atletismo de São Miguel, o Trail Run Real Priolo tem uma componente que ultrapassa a parte desportiva da prova tendo em conta o contributo social que cada participante terá ao doar 1,00€ da sua inscrição para uma instituição social do concelho do Nordeste.

A organização do Trail pensou na disponibilização de alguns serviços aos participantes, entre estas, além dos pontos de abastecimento, um serviço de “Baby-sitter” e acordos com o alojamento local para facilitar a participação na prova e dar a conhecer a oferta do concelho.

O Centro Desportivo e a Câmara Municipal do Nordeste destacam os dois objetivos principais que estão na base do lançamento deste Trail Run realizado apenas no concelho do Nordeste, e que são, por um lado, a promoção da prática desportiva e da atividade física e, por outro, a promoção do Nordeste com um destino turístico ligado também ao desporto de natureza, complementar a outras modalidades que já existem, como é o caso do grande impulso que tem o Canyoning na Ribeira dos Caldeirões, com os consequentes benefícios económicos que trará para o concelho do Nordeste.

A Câmara Municipal do Nordeste já colabora com o EPIC Trail Run Azores, que tem por norma o seu início no concelho, no entanto, quis ir mais além e lançar uma prova que trouxesse mais dividendos para o Nordeste.

Juntando os 400 inscritos, com os familiares e acompanhantes e organização, a Câmara Municipal do Nordeste considera que o Trail Run Nordeste Real Priolo será uma rampa de lançamento para a divulgação dos trilhos e das paisagens naturais do concelho.

Referindo-se à organização da prova, o vice-presidente da câmara municipal, Marco Mourão, sublinhou a grande participação da Escola Básica e Secundária do Nordeste ao envolver cerca de 70 alunos, e a competência e o sucesso que os parceiros, o Clube Desportivo Juventude Ilha Verde e a Associação de Atletismo têm demonstrado, inclusive noutras atividades já desenvolvidas com o município e o Centro Desportivo e Recreativo.

O nome dado à prova, Trail Run Nordeste Real Priolo, procurou divulgar o Priolo, ave endémica símbolo do concelho do Nordeste, e os antigos caminhos reais que integram alguns dos percursos definidos.

AA/CMN