Câmara do Nordeste procede a desratização no concelho

A Câmara Municipal do Nordeste está a proceder à desratização por todo o concelho. A desratização é realizada colocando estações rateiras com o rodenticida dentro das mesmas, nos locais ou áreas sensíveis à deteção dos roedores.  Estas estações rateiras são identificadas com um autocolante com a identificação da CMN e o nº oficial da entidade de modo a alertar a população.

A Câmara Municipal do Nordeste tem procedido a este serviço, mas para poder ter um melhor controlo da população de roedores recorreu este ano a um prestador de serviço que tem qualificação na área, que acompanha os funcionários da câmara e que orientados pelo médico veterinário municipal fazem a monitorização mais frequente das estações rateiras do concelho.

Os locais e áreas sensíveis à deteção dos roedores são normalmente à volta das instituições, depósitos de lixo, esgotos, jardins, igrejas, miradouros e parques.

As alturas do ano em que deve ser feita desratização deverá ser na primavera, no fim do verão e no início do outono.

Abril e maio são meses de sementeiras, propícias a maior abundância de alimento e consequentemente a mais roedores. Em agosto e setembro, com o fim das colheitas, voltam a surgir em maior número perante a falta de alimento.

A população e os agricultores devem ter alguns cuidado, principalmente usar luvas ao manusear tudo o que seja relacionado com jardinagem, alimento para animais, hortas e colheitas, pois pode levar a Infeção por leptospira, provocando a doença Leptospirose, doença com muitos casos nos Açores, podendo ser fatal em casos mais graves.

A doença ocorre por contato direto com secreções ou tecidos (urina e sangue) de animais infetados ou por exposição a ambientes e materiais contaminados.

A campanha de desratização ocupa uma importância relevante no orçamento da Câmara Municipal do Nordeste, devido à compra elevada de quantidades dos rodenticidas, e ao nível de logística acarreta a mobilização de uma equipa de pessoas, de modo a proceder à monitorização das estações rateiras de todo o concelho, semanalmente nas alturas mais críticas e mensalmente nas alturas menos críticas.

AA/CMN