Câmara investe no apoio à habitação degradada

A Câmara Municipal da Horta, através do seu Regulamento de Apoio à Melhoria das Condições de Habitação de Munícipes Carenciados, apoiou este ano 26 famílias do concelho na melhoria das suas condições de habitabilidade.

A informação foi veiculada pelo Presidente da Câmara Municipal da Horta, no momento de assinatura de um acordo de compromisso com os representantes das famílias apoiadas.

José Leonardo considerou que este “é um investimento na dignidade da pessoa humana e, perante um momento de dificuldades, é importante que as autarquias direcionem os seus esforços para o apoio às nossas famílias”, acrescentando que a Câmara Municipal não pode ficar alheia a essas dificuldades, cabendo-lhe minorar tais situações e incentivar a realização de obras para a melhoria da sua habitação”.

“As desigualdades individuais tornam cada vez mais necessária a intervenção das autarquias, no âmbito da ação social, no sentido de melhorar as condições de vida das pessoas”, conclui o autarca, sublinhando que a vertente social é um dos pilares da sua ação governativa.

“É importante que as autarquias direcionem os seus esforços para as famílias do seu concelho”, frisou José Leonardo Silva, acrescentando que a autarquia “não pode ficar alheia às dificuldades que surgem, cabendo-lhe minorar tais situações, ainda mais numa altura de grandes constrangimentos fruto da Pandemia por Covid-19 que atravessamos”.

Para o corrente ano, a Câmara Municipal da Horta reservou cerca de 45 mil euros para apoio a famílias carenciadas do concelho, na melhoria das condições existentes nas suas habitações.

AA/CMH