CDS-PP questiona falta de informação prestada aos passageiros da Atlânticoline

A deputada Catarina Cabeceiras, do Grupo Parlamentar do CDS-PP, alertou o Governo Regional para o facto de os passageiros da Atlânticoline não serem devidamente informados quando ocorrem cancelamentos de viagens ou alterações de horário.

Catarina Cabeceiras referiu que, “sendo natural que a circulação por via marítima esteja sujeita às condições meteorológicas, é contudo importante que sejam prestadas, com a antecedência possível, informações elucidativas aos passageiros, locais ou turistas, pois não é passível de se esperar a sua compreensão sem estes perceberem os motivos do cancelamento”. A deputada questionou ainda os motivos pelos quais não são os avisos de cancelamento publicados o mais tardar até à hora de início da viagem.

“Deverá ser ponderada a hipótese de, em situações de cancelamento, nomeadamente cancelamentos consecutivos, serem realizadas viagens extraordinárias, quando se verifica a melhoria nas condições meteorológicas”, defendeu Catarina Cabeceiras, que reiterou “a importância da regularidade e fiabilidade dos transportes marítimos nas ilhas do triângulo, nomeadamente para a circulação de residentes por motivos de acesso a cuidados de saúde, para as trocas comerciais e também para o desenvolvimento do turismo”.

AA/CDS-PP