Chumbada proposta do PS para aumentar incentivos à contratação de jovens

Os partidos da coligação chumbaram uma proposta do Partido Socialista dos Açores que visava aumentar em 30% os incentivos à contratação, nomeadamente no Programa Contratar, nas suas vertentes Contratar+ e Contratar Estável, a atribuir às entidades empregadoras que celebrem contratos de trabalho com jovens desempregados abaixo dos 35 anos, jovens desempregados e jovens estagiários que tenham concluído o programa Estagiar L ou T.

Vílson Ponte Gomes, que apresentou a iniciativa do PS no debate que decorreu na cidade da Horta, realçou que “este aumento dos apoios à contratação de jovens permitiria promover a empregabilidade jovem e, em simultâneo, reforçar a contratação de trabalhadores pelas empresas que estão há mais de um ano a ter uma redução contínua e constante da sua atividade, devido à pandemia”.

Para o deputado socialista, a medida teria um “efeito multiplicador que direcionaria as empresas para a contratação de trabalhadores, que iria promover contratos mais estáveis e garantir um rendimento muito importante para os jovens trabalhadores”.

“A crise económica e social provocada pela pandemia da Covid-19 veio abalar, mais uma vez, o início da carreira profissional dos mais jovens, dificultando a sua emancipação. Só com apoios reforçados teremos uma hipótese de combater estas desigualdades”, referiu o deputado do Partido Socialista, Vílson Ponte Gomes. 

AA/PS