COA da continuidade à operação GAIA em São Jorge

O Comando Operacional dos Açores, no âmbito da operação GAIA, em estreita ligação com o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), continua a desenvolver ações preparatórias do apoio às populações, com o intuito de acautelar todas as possibilidades em caso de agravamento da situação de crise sismovulcânica que se verifica na Ilha de São Jorge.

No terreno encontram-se 8 militares, que têm conduzido missões de reconhecimento, às zonas de risco nas Fajãs, bem como verificado as condições de acesso aos cais existentes na ilha de São Jorge, com a finalidade de levantar possíveis locais de extração de pessoas por via marítima, e avaliar possíveis acessos para auxiliar habitantes em zonas isoladas. Estes militares, altamente preparados, têm efetuado o reconhecimento da ilha com recurso a 4 Sistemas Aéreos Não Tripulados (drones) e 2 viaturas táticas todo-o-terreno.

Efetivamente, todo este trabalho é de suma importância para que a intervenção, em caso de agravamento da situação, seja mais rápida e eficaz, designadamente se o acesso por terra às Fajãs ficar impossibilitado, devido a uma derrocada, para que seja possível evacuar as pessoas para local seguro.

As Forças Armadas mantêm, em elevada prontidão, capacidades adicionais disponíveis, quer na Região Autónoma dos Açores, quer em Portugal Continental, que poderão ser ativados em função da evolução da situação.

AA/COA