Comunicação sobre “A Peste de 1908 e a Atual Pandemia” no Museu de Angra

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital, por via da Direção Regional da Cultura (DRC) e através do Museu de Angra do Heroísmo, promove dia 11 de setembro, pelas 15h00, a comunicação “A Peste de 1908 e a Atual Pandemia: medos e atitudes comportamentais semelhantes”, a proferir por Carlos Enes.

A atividade decorre no âmbito da dinamização da exposição “A Ilha Terceira em Tempos de Peste”, patente na Sala do Capítulo, até 3 de outubro, que pretende dar a conhecer, desde o século XVI até à atualidade, como se reagiu a algumas das epidemias que aqui aportaram e quais as respostas às mesmas, em tempos de suspensão da normalidade, espelhando o duelo humano entre o medo e a vontade, a doença e a medicina, a superstição e o esclarecimento, a morte e a vida.

Carlos Enes, natural da Ilha Terceira, exerceu atividade docente na Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo, e na Universidade Aberta, em Lisboa, tendo-se dedicado à investigação e ao estudo da história regional, e, até ao presente, proferido variadas palestras e publicado diversos livros e artigos sobre o tema, com colaboração na Enciclopédia Açoriana, edição ‘online’, com mais de 500 entradas, e também no Dicionário de Educadores Portugueses.

Os seus estudos debruçam-se particularmente sobre a história contemporânea, em que se destaca a economia Açoriana entre as Duas Guerras Mundiais. No campo da história política, tem sido pioneiro no estudo da resistência democrática e popular ao Estado Novo, trazendo documentação inédita que carateriza esse período negro da História de Portugal.

A temática da autonomia açoriana e do movimento regionalista foi tratada num estudo introdutório a uma coletânea de textos político-administrativos da autoria de Luís da Silva Ribeiro e, na área da etnografia, privilegiou as abordagens ao Carnaval terceirense, mas também a evolução das festas do Espírito Santo. É autor do romance “Terra do Bravo” (2005), edição esgotada, e de “Cicatriz da Chuva”, livro de poesia (2016).

Foi deputado eleito à Assembleia da República, nas listas do Partido Socialista, na legislatura de 2011-2015.

AA/GRA