Concerto para flauta e trio de jazz na Biblioteca de Angra no dia 4 de dezembro

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital, através da Direção Regional da Cultura, promove, no dia 4 de dezembro, pelas 21h30, a realização do concerto “Claude Bolling – Suite para Flauta e Trio de Jazz”, com os músicos Rodrigo Lima, Antonella Barleta, Paulo Cunha e Luís Costa, em homenagem a Claude Bolling, na Biblioteca Pública de Angra.         

Claude Bolling foi um reconhecido pianista, compositor e arranjador francês, figura importante no reavivamento do jazz tradicional em 1960, conhecido pela “Suite para Flauta e Trio Jazz”, com Jean-Pierre Rampal, uma mistura de arranjos barrocos com ritmos modernos.

A suite inclui sete distintos andamentos que apresentam uma grande variedade de elementos de estilo do século XVIII, conjugados com elementos harmónicos, melódicos e rítmicos do jazz, de século XX.

Rodrigo Lima, natural da Praia da Vitória, concluiu o Curso Complementar de Música no Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, em 2002, e já realizou recitais com guitarra clássica, piano e concertos com diversos agrupamentos, como a Lira Açoriana, a Orquestra Angra Jazz, a Orquestra Sinfónica Juvenil de Lisboa, entre outras.

Foi músico convidado da Orquestra Metropolitana de Lisboa e efetuou masterclasses com Nuno Inácio, Claudi Arimani e Trevor Wye. Concluiu a Licenciatura em Instrumentista de Orquestra, na especialidade de Flauta Transversal, na Academia Nacional Superior de Orquestra, na Classe de Flauta do Professor Nuno Inácio, em 2008. Atualmente, é Professor da Classe de Flauta Transversal na Escola Francisco Ornelas da Câmara, na Praia da Vitória.

Antonella Barletta, natural de Bari, Itália, frequentou o “Conservatório Niccoló Piccinni” daquela cidade, onde se diplomou em piano, em 1996, na classe da professora Annamaria Sallustio. Desenvolve, desde 1996, uma intensa atividade concertista como pianista acompanhadora de cantores e coros e em várias formações de música da câmara, dedicando-se tanto ao estudo da música clássica, como ao jazz.

Desde 2010, é pianista residente da “Orquestra Angra Jazz” e em 2013 fundou o Wave Jazz Ensemble, grupo de música jazz que interpreta originais e músicas tradicionais açorianas com estilo jazzístico. É, desde 2009, professora do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, e frequenta atualmente o último ano do curso de mestrado em Música (Performance), ramo jazz, na Escola Superior de Música de Lisboa, onde estuda com o pianista português João Paulo Esteves da Silva.

Luís Costa, natural da Praia da Vitória, atualmente estudante de Educação Musical na Escola Superior de Educação, no Porto, fez a sua formação inicial em filarmónicas, além ter frequentado vários workshops e formações, como a “Toc’a Musica”, em percussão, lecionada pelo professor Nuno Pinheiro e dirigida pelo maestro Henrique Piloto, ou, em 2017, na Orquestra Regional Lira Açoreana.

Neste momento, é percussionista em três filarmónicas da Ilha Terceira, e integra o grupo Bel Cantus que tem atuado, não só na Região, como também nos Estados Unidos da América e no Canadá.

Paulo Cunha nasceu em Angra do Heroísmo, estudante de Contrabaixo, Guitarra e Formação Musical, iniciou os seus estudos musicais no Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, em viola da terra.

Cedo integrou diversos grupos e formações, entre elas o agrupamento de música popular, Cantinho da Terceira, do músico Luis Gil Bettencourt, e participou em workshops de jazz, ministrados pelo quarteto Mário Laginha e pelo quinteto Moreira Jazztet.

Integrou a banda Chilli Mozart; é cofundador da Tuna Académica da Casa dos Açores e em 2000, de regresso aos Açores, fez parte da banda de rock Enuma Elish. F  oi músico fundador da Orquestra Angra Jazz, guitarrista do Festival Infantil “Sol Menor” e participou em vários projetos de pop/rock e de jazz/bossa nova, como o Susana Coelho Trio, o BWF, do cantautor Bruno Walter Ferreira, os Wave Jazz Ensemble, o Sara Miguel Quinteto, a Dr. Vi Band, Coro Pactis e Orquestra de Sopros da lha Terceiro, o Fábio Ourique e os Sombras do Fado, além de outros músicos locais e estrangeiros, como Isabel Mesquita, Sofia Dutra, João da Ilha, Emanuel Bettencourt e o britânico Tom Hamilton. Em 2019, estreou, como baixista, o projeto local The Red Hot Tribute.

A participação neste concerto carece de inscrição prévia, através do número de telefone 295 401 000 ou enviando email para: comunicacao.bparlsr@azores.gov.pt (inscrições limitadas).

AA/GRA