Corveta António Enes celebrou 50 anos na Região

Decorreu no período de 13 a 18 de junho de 2021, nas ilhas do Faial e São Miguel, as comemorações dos 50 anos do NRP António Enes.

No âmbito das celebrações realizou-se uma missa celebrada pelo Padre Marco Luciano na Igreja Matriz da Horta, na ilha do Faial, em homenagem aos 50 anos do NRP António Enes ao serviço de Portugal e aos quatro falecidos e dois desaparecidos na explosão ocorrida em 10 de março de 1987, à entrada do porto da Horta.

Teve lugar igualmente uma cerimónia a bordo do NRP António Enes, presidida pelo Comandante da Zona Marítima dos Açores, Comodoro Miguel Nuno Machado da Silva, acompanhado pelo Padre Marco Luciano, tendo sido depositada no mar, próxima da posição do acidente de 1987, uma coroa de flores em homenagem aos falecidos em serviço do NRP António Enes.

Na semana de 14 a 18 de junho esteve em exibição uma exposição alusiva aos 50 anos do NRP António Enes, no SolMar Avenida Center de Ponta Delgada.

A exposição contou com vários painéis, ilustrando os mais importantes momentos da história do navio. No dia 18 de junho celebrou-se a bordo o quinquagésimo aniversário da corveta, numa cerimónia presidida pelo Comandante da Zona Marítima dos Açores, tendo sido imposta ao navio a medalha militar de serviços distintos, grau ouro, por decreto de Sua Excelência o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Esta condecoração realça que, ao longo dos seus 50 anos de serviço, o NRP António Enes tem cumprido, com todo o mérito, um vasto conjunto de tarefas e missões, numa contínua e bem-sucedida adaptação aos desafios colocados pelos novos tipos de riscos e ameaças, contribuindo para que Portugal use o mar.

Atualmente comandado pelo Capitão-de-fragata Bruno Alexandre Cortes Banha, o NRP António Enes e a sua guarnição de 72 militares, estão sempre prontos para servir os portugueses e Portugal no mar, zelando pela segurança de todos aqueles que praticam o mar português.

AA/CZMA