Dia Mundial do Teatro com Ciclo de Cinema na Praia da Vitória

(c) DR

A agenda cultural promovida pela Câmara Municipal da Praia da Vitória assinala os Dias Mundiais do Teatro e das Marionetas com programação específica.

Para assinalar o Dia Mundial do Teatro, comemorado a 27 de março, a Autarquia apresenta o Ciclo de Cinema – Um Olhar Sobre o Teatro com os filmes: “O Retrato”; “Boa Alma”, com exibições nos dias 26 (sexta-feira) e 27 (sábado) de março, respetivamente, ambos às 21h00, bem como o filme “Caos Danado”, a ser exibido a 28 (domingo), pelas 18h00. Tratam-se de trabalhos do realizador e ator Eduardo Breda.

Após a sessão de cinema de sábado em que será exibido o filme “Boa Alma”, e de forma a se promover uma reflexão sobre a arte do teatro, terá lugar uma conversa com Eduardo Breda, Sandra Faleiro, Ricardo Neves-Neves, Cristina Carvalhal, que possuem uma vasta experiência em teatro mas também no mundo do cinema e televisão e que participarão através da plataforma Zoom. Já com a plateia do Auditório do Ramo Grande estará Álamo d´Oliveira, poeta, escritor, ator e encenador terceirense sobejamente conhecido também ele uma referência nestas matérias.

Formado pela Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, Eduardo Breda começou como realizador em “O Retrato” que é o seu primeiro documentário. Seguiu-se depois, “Boa Alma” (2015), “Palácio de Cristal” (2016), “Caos Danado” (2018). Realizou também a web-série “Os Muralistas” (produzido pela After Wall & Dyrup). Já foi também responsável pela criação de vídeo para os seguintes espetáculos: “A Modéstia” (2015); “A Batalha de Não Sei o Quê” (2015); “Tentativas para Matar o Amor” (2017). Em cinema, série e curta-metragem, Eduardo Breda já integrou o elenco das seguintes produções: “Bem Bom” l Patrícia Sequeira; “Terra Nova” l Joaquim Leitão; Idaten: Tokyo Olympic Hanashi 2018 | NHK; Ministério do Tempo; Câmara Nova l André Marques; Logística l Miguel Tavares. Em teatro como actor, para além das suas criações, já trabalhou com Gonçalo Amorim; Nuno Cardoso; Cláudio da Silva; Bernard Sobel; Álvaro Correia; Bruno Bravo; Francisco Campos; Francis Seleck; Manuel Tur; Os Possessos; Tiago Correia; João Mota e Marta Dias. Já em termos de ficção televisiva participou em “Prisioneira” (TVI), “Santa Bárbara” (TVI), “Poderosas” (SIC) e “Sol de Inverno” (SIC).

Dia Mundial da Marioneta

Para celebrar o Dia Mundial da Marioneta, a Câmara Municipal promove atividades do coletivo de teatro “Viagem de Uma Marioneta”, que irá fazer apresentações das histórias do Teatro Tradicional Português de Marionetas “Dom Roberto”, assim como duas do repertório tradicional (O Barbeiro e A Tourada) e uma da autoria do marionetista, Ricardo Ávila, junto das crianças do concelho da Praia da Vitória.

A 26 de março, no período da manhã, a Escola Básica Integrada dos Biscoitos e outra escola da unidade orgânica da Escola Básica e Integrada Francisco Ornelas da Câmara acolhem esta atividade, enquanto que no dia seguinte este teatro irá passar pela Urbanização de São Pedro em Santa Rita, pelas 14h00, e pela Nova Urbanização da Serra de Santiago na Vila das Lajes, às 15h30.

Aniversário da FUP

A Filarmónica União Praiense sobe ao palco do Auditório do Ramo Grande, no dia 20 de março, pelas 20h00, para apresentar o concerto comemorativo do seu 117º aniversário.

Os bilhetes para este concerto têm um custo de cinco euros, e estão disponíveis para aquisição na bilheteira da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira, que se encontra a funcionar de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 17h00, ou ligando para o 295 545 700. Os bilhetes podem ser adquiridos também online, através da Ticketline. No próprio dia, a bilheteira do Auditório do Ramo Grande abre duas horas antes do início do evento.

Aquando da realização dos espetáculos e sessões de cinema, mantém-se a obrigação do cumprimento de todas as normas de proteção e salvaguarda da saúde pública, havendo uma redução do público presente na sala (para um terço da respetiva lotação, ou seja, um máximo de 140 espetadores), garantindo-se as regras de distanciamento social, para além do uso obrigatório de máscara e higienização frequente das mãos.

Cinema Infantil

A 21, pelas 15h00, marca-se o regresso das matinés de cinema infantil no Auditório do Ramo Grande, desta feita, com a exibição do filme “A Fábrica de Sonhos”.

Os bilhetes da sessão de cinema custam três euros e meio, e podem ser adquiridos nos lugares habituais – bilheteira da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira, Ticketline e Auditório do Ramo Grande nas duas horas antes que antecedem o espetáculo.

Mina, uma menina de 12 anos habituada a viver apenas com o seu pai, vê a sua vida transformar-se totalmente com a chegada de Jenny, a filha da nova namorada do pai e a sua nova “irmã”. Jenny revela-se uma pestinha que quer tudo à sua maneira e Mina quer vê-la fora da sua vida. Uma noite, após adormecer e por acidente, Mina descobre o mundo fantástico onde todos os sonhos são feitos: a Fábrica dos Sonhos. Percebe então que, com a ajuda dos construtores de sonhos, pode influenciar a atitude de Jenny através dos sonhos dela. Mas alterar os sonhos tem graves consequências, e Mina vê-se obrigada a salvar Jenny no mundo dos sonhos, para salvar a sua família na vida real.

AA/CMPV