Estágio Nacional Orquestra Sinfónica Juvenil de Lisboa em Ponta Delgada

O Estágio Nacional da Orquestra Sinfónica Juvenil de Lisboa em Ponta Delgada, numa parceria com o Conservatório Regional de Ponta Delgada e com o apoio da autarquia presidida por Maria José Lemos Duarte, vai incluir a realização de três concertos de música erudita nos próximos dias 12, 13 e 14 de agosto no concelho.

A iniciativa “Ponta Delgada 2021” assinala 30 anos de estágios da Orquestra Sinfónica Juvenil no Município, todos dirigidos pelo seu maestro-titular Christopher Bochmann.

O principal objetivo deste estágio é desenvolver um intenso trabalho de formação musical em que jovens músicos de Lisboa juntam-se aos seus colegas açorianos e, em conjunto, preparam repertórios que, como corolário do trabalho realizado, serão apresentados ao público de Ponta Delgada.

Trata-se de uma oportunidade para os jovens músicos açorianos trabalharem com Christopher Bochmann e para os jovens de Lisboa conhecerem uma das mais belas regiões do país e interagirem com os seus colegas das ilhas açorianas.

O estágio termina com os concertos a 12 de agosto, às 21h00, na Igreja de Nossa Senhora das Neves da Relva; a 13 de agosto, às 17h00, na Igreja de São Nicolau das Sete Cidades; e a 14 de agosto, às 21h30, na Igreja Matriz de São Sebastião.

Serão apresentadas obras de Jean-Philippe Rameau, Domenico Scarlatti, Henry Purcell e Jean Sibelius.

O repertório a ser apresentado no Estágio da Orquestra será o seguinte: Deux piéces, de Jean-Philippe Rameau; Sonata K380, de Domenico Scarlatti; Cinco peças para orquestra de cordas, de Paul Juon; Fantasia nº 2, de Henry Purcell, Sérénade, de Joseph – Guy Ropartz; Serenade de Wolf – Ferrari; Romance op. 42, de Jean Sibelius.

AA/CMPD