Exposição “Violas dos Açores” patente no exterior do Centro Natália Correia

As comemorações do Dia da Viola da Terra tiveram como palco o Centro Natália Correia, na Fajã de Baixo, com a inauguração da exposição intitulada “Violas dos Açores” e um concerto com o Duo César e Rafael Carvalho e Raquel Dutra, em quarteto.

A exposição está patente no exterior do Centro Natália Correia.

A iniciativa da Associação de Juventude Viola da Terra, contou com a presença do Vereador da Cultura, Paulo Mendes, em representação da Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Maria José Lemos Duarte.

Segundo Paulo Mendes, “esta iniciativa é de louvar, uma vez que surge no sentido de preservar as nossas tradições e a nossa identidade, o que nos distingue dos outros povos”.

“Este trabalho ganha ainda mais relevância numa altura em que Ponta Delgada é candidata a Capital Europeia da Cultura – Azores|2027” – acentuou.

A viola da terra é um instrumento de cordas típico dos Açores. Pertence à família das violas de arame portuguesas e teve origem no século XVIII, sobrevivendo graças ao povo.

É também conhecido como viola de arame ou viola de dois corações, sendo semelhante ao violão, mas de dimensões mais pequenas.

AA/CMPD