Festa da Flor regressa à Ribeira Grande

Segundo o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, a Festa da Flor pretende ser cada vez mais um cartaz turístico.

O autarca falava no arranque de mais uma edição desta festa, cujo programa se prolongará durante o fim-de-semana: -“ Nesta fase pós-pandémica, há que revitalizar o nosso tecido empresarial local. Este evento está assente numa estratégia de divulgar a nossa terra e atrair o maior número possível de pessoas à cidade, como forma de gerar mais valor para a economia local” referiu Gaudêncio.

A edição da Festa da Flor de 2022 conta com a participação de vários empresários do ramo da floricultura, bem como instituições que fizeram questão de se associar à festa para dinamizar o Largo Hintze Ribeiro.

Durante os próximos três dias de festa merece destaque o desfile alegórico, que contará com a participação de 14 carros e cerca de 1000 figurantes, percorrendo a artéria principal da cidade a partir das 16:30h de sábado, dia 14 de maio.

Já no domingo, dia 15, um dos pontos altos da festa é a Missa Solene na Igreja de São Pedro, na Ribeira Seca, com a presença da imagem do Sr. Santo Cristo dos Terceiros, seguindo-se uma procissão em direção à Igreja dos Frades, na Conceição.

Com esta cerimónia, a autarquia pretende reavivar o culto à Madre Teresa da Anunciada, bem como ao processo de beatificação.

Durante os dias da Festa da Flor, irá decorrer um vasto programa de animação cultural no Largo Hintze Ribeiro, podendo-se contemplar o tapete de flores, os diversos arranjos florais e a Exposição Coletiva de Pintura “FLORARTE”, na Igreja do Senhor dos Passos.

AA/CMRG