Festas da Praia 2021 canceladas

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória confirmou o cancelamento das Festas da Praia 2021, dada a situação pandémica.

O autarca anunciou, contudo, a realização de um programa de animação cultural, musical e desportiva entre este mês e o final de agosto, com especial enfoque na semana em que são celebradas as Festas da Praia da Vitória.

“A atual situação vivida não nos permite realizar as Festas da Praia no modelo habitual, e, portanto, iremos promover uma programação semelhante, com início a meados de julho até ao final de agosto. Naturalmente, iremos dar um maior enfoque nos fins-de-semana e na semana em que ocorriam as Festas da Praia, mas durante todo este período haverá animação de verão pela cidade”, explicou o autarca praiense.

Carlos Armando Costa adianta que a programação ainda não está totalmente definida e será posteriormente divulgada, mas revelou que esta incluirá concertos, decoração da cidade (com destaque para os seus espaços emblemáticos), animação de rua, um festival de cantoria, animação infantil, uma exposição etnográfica, exposições de fotografia do ambiente social dos anos 60 e 70 da Praia da Vitória, animação e desporto nos areais da Praia da Vitória e uma Corrida de Touros de Praça.

“Será dada preferência a artistas locais, pois eles também são lesados desta situação epidemiológica”, reiterou o responsável municipal.

Carlos Armando Costa salienta que esta programação “está sempre sujeita à avaliação da Autoridade de Saúde Regional, embora o cumprimento de todas as regras e normas de segurança esteja assegurado”. Das medidas de segurança previstas, deu o exemplo da montagem de mesas e cadeiras para se assistir às atividades, sempre com o distanciamento regulamentado, “promovendo-se o conforto e a segurança de todos”.

O Auditório do Ramo Grande cuja atividade já retomou e está devidamente adaptado correspondendo à atual situação pandémica, será o espaço alternativo para a realização das atividades no caso de surgirem alterações às regras de prevenção e combate à pandemia da COVID-19, e afim também de se evitar ao máximo o cancelamento dos acontecimentos.

Para além desta condicionante, o autarca praiense adiantou que está a ser ultimado “o projeto de toda a animação para se obter então a aprovação para podermos avançar, efetivamente, com a programação”.

A nível da gastronomia, e à semelhança do ano passado, não haverá a feira gastronómica, porém a autarquia praiense irá “incentivar os restaurantes locais a terem uma ementa ou menu próprio identificativo com a época das festividades concelhias”, disse o responsável municipal.

AA/CMPV