Fórum Autonómico é oportunidade para despertar pensamento crítico

O Presidente do Governo Regional dos Açores sublinhou que o Fórum Autonómico, cuja primeira sessão decorreu na ilha Graciosa, representa uma oportunidade para, com convidados especialistas em diferentes áreas, “despertar pensamento crítico” e “partilhar reflexões” sobre os caminhos futuros da Região.

Falando no Centro Cultural da ilha Graciosa, José Manuel Bolieiro defendeu o “espaço de cidadania” como preponderante para a governação, sublinhando que é desígnio do XIII Governo Regional dos Açores “estar na rua, ouvir as pessoas, empresas” e demais intervenientes da sociedade.

O governante lançou o apelo aos graciosenses no concreto, e aos Açorianos no geral, a que não se conformem com indicadores atuais em diferentes áreas, pedindo que todos sejam “críticos e inconformados”, embora “convictos na mudança que gera um novo ciclo” de desenvolvimento.

O Fórum Autonómico encerrou o primeiro de dois dias de visita estatutária à ilha Graciosa, a primeira da atual legislatura.

O economista Flávio Tiago foi o orador convidado da primeira sessão do Fórum.

O docente abordou alguns dos desafios mais imediatos da Região, seja a nível económico, social ou demográfico, apresentando diversos indicadores e estatísticas às dezenas de pessoas presentes e chamando a atenção para a oportunidade que os fundos comunitários podem desempenhar em mudanças estruturais nos Açores.

Na tarde do primeiro dia da estatutária, o Executivo Regional visitou a Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, tendo José Manuel Bolieiro definido o momento como “simbólico”, embora prova de que as questões da solidariedade, na alçada da Vice-Presidência, são uma prioridade da governação.

Posteriormente, o Governo dos Açores reuniu-se com o Conselho de Administração do Centro de Saúde da Graciosa, adiantando que o número de consultas de médicos especialistas “quase triplicou” este ano face a igual período em 2019, pré-pandemia, para um total, até ao momento de perto de duas mil consultas.

Na quarta-feira, o Governo Regional dos Açores parte para São Jorge, onde decorrerá a segunda visita estatutária da legislatura.

AA/GRA