Freguesia do Rosário, na Lagoa, assinala 429º aniversário

A freguesia de Nossa Senhora do Rosário, na Lagoa, ilha de São Miguel, celebrou o seu 429.º aniversário, uma efeméride inserida no âmbito das Comemorações dos 500 anos de elevação de Lagoa a vila e a sede de concelho e dos 10 anos de cidade.

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, durante a Sessão Comemorativa, relembrou que “passados dois anos de uma pandemia que nos limitou, estamos todos juntos, para celebrar os 429 anos da freguesia de Nossa Senhora do Rosário e a poucos dias de comemorar os 500 anos da Lagoa”, demais acrescentou que, “a freguesia do Rosário é, sem dúvida, o centro urbano principal do concelho e daqui partem os catalisadores da prossecução social de todo o concelho”.

A edil aproveitou o momento, para fazer um balanço e relembrar algumas ações de modernização desenvolvidas nesta freguesia, nomeadamente a construção da ciclovia; o Tecnoparque; o Hospital Internacional dos Açores; o hotel Hilton; a construção de novas habitações; a remodelação da praça de N. Sra. do Rosário; a obra em curso do Parque de estacionamento e novo Gabinete de Atendimento ao Munícipe; a nova sede do Centro Social e Cultural da Atalhada; os Serviços de apoio a crianças e jovens no âmbito da Saúde Mental e não só e a construção do 2.º Edifício do Nonagon.

Por outro lado, Cristina Calisto referiu que, é intenção da Câmara Municipal de Lagoa continuar a projetar esta freguesia no futuro, mais precisamente com a candidatura ao projeto Bairros Digitais; garantir que o Cabo Submarino seja amarrado no Rosário servindo diretamente as empresas do Tecnoparque , local onde também se pretende que venha a ser uma Zona Livre Tecnológica, cuja Legislação Regional está a ser trabalhada e isso, sem descurar as respostas sociais, nomeadamente com a Estratégia Local de Habitação, a ser implementada até 2026.

Cristina Calisto agradeceu, igualmente, toda a colaboração da Junta de Freguesia do Rosário, na pessoa da sua Presidente, Lucrécia Rego, pelo seu “bom desempenho e pela capacidade que tem de saber ouvir e de ser, acima de tudo, uma mulher de causas e solidária” e felicitou Gilberto Borges pela sua “meritória e justa homenagem pelo trabalho que desenvolveu durante os 18 anos em que esteve ao serviço do Poder Local”.

Gilberto Borges, antigo Presidente da Junta de Freguesia do Rosário, recebeu a medalha da freguesia, por forma a assinalar, de forma singela e simbólica toda a sua dedicação nos anos em que esteve ao serviço do Poder Local.

Gilberto Borges, iniciou como membro da Assembleia Municipal da Lagoa de 1980 a 1982 e depois como membro da Assembleia de Freguesia do Rosário (de 2006 a 2009). De 2009 a 2013 foi membro do Executivo da Junta e, de 2013 a março de 2021, como Presidente da Junta de Freguesia, deixando obras relevantes.

“Trabalhou em prol da sua freguesia, sempre de forma isenta, determinada e muito empenhada, sendo de destacar o seu enorme sentido de responsabilidade, disponibilidade, lucidez e seriedade”, salientou a edil, acrescentando que “este reconhecimento sirva de exemplo para todos nós que estamos ao serviço das causas públicas, para que que possamos conduzir a nossa atuação diária com determinação e exemplo em prol de uma Lagoa com mais qualidade e, acima de tudo, que esteja na rota de um futuro mais esperançoso e próspero, onde as pessoas foram, são e continuarão a ser a principal prioridade”.

A Sessão Comemorativa finalizou com a atuação do Orfeão de N. Sra. do Rosário e do Coro da Associação Musical de Lagoa.

AA/CML