Governo adquire solução digital inovadora para melhorar gestão dos laboratórios do SERCLA

O Governo do Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, vai adquirir uma solução digital inovadora que permitirá melhorar significativamente a gestão dos laboratórios do Serviço de Classificação de Leite dos Açores – SERCLA, sedeados nas ilhas de São Miguel e Terceira.

De acordo com o Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, este é um “investimento que permitirá melhorar a eficiência dos laboratórios de classificação de Leite nos Açores”.

António Ventura adianta que “a este investimento qualitativo vão seguir-se outros que estão a ser identificados e programados de modo a tornar estes laboratórios ajustados às exigências dos novos tempos e responder à demanda da produção e das indústrias”.

“Somos uma Região de referência na produção de leite e queremos ser uma região líder na qualidade nutricional da produção de leite”, diz ainda.

O SERCLA desempenha um papel de primordial importância na determinação laboratorial da qualidade do leite produzido em todas as ilhas da Região e sua consequente classificação, que serve de base à fixação do preço pago aos produtores pelas diferentes indústrias dos Açores

A confiança que ambas as partes, produtores e industriais, depositam no SERCLA, resulta, não só da neutralidade e da imparcialidade instituídas no seu desempenho, mas também do recente reconhecimento internacional que os laboratórios obtiveram através da sua acreditação pela norma ISO 17025:2017. Todos estes fatores contribuem de forma decisiva para a reconhecida qualidade do leite dos Açores.

O Sistema InnovWay- Quality Management é uma solução digital inovadora, amplamente utilizada internacionalmente em laboratórios, tendo a capacidade de agregar todo o sistema desenvolvido e implementado nos laboratórios do SERCLA, integrando os processos de gestão do pessoal, gestão dos equipamentos, gestão de produtos e serviços de fornecedores externos e gestão do trabalho não conforme, na ótica da Norma ISO 17025.

Esta ferramenta tem o foco em sete distintas áreas, designadamente, o cliente, a liderança, o envolvimento das pessoas, a abordagem do processo, a tomada de decisão baseada em evidencias, a gestão de relacionamentos dos stakeholders e a melhoria continua, todo eles fundamentais para a gestão global da informação.

Permite-se assim padronizar e monitorizar todas as áreas da organização de forma simples e intuitiva, garantindo uma eficaz gestão dos seus processos e trazendo inúmeros benefícios para o SERCLA e para a fileira do leite.

AA/GRA