Governo com “atenção conjugada” a problemas de manutenção de unidades de saúde no Pico

O Presidente do Governo Regional dos Açores garantiu que há “atenção conjugada” das secretarias da Saúde e das Obras Públicas para serem corrigidos problemas de manutenção em unidades de saúde da ilha do Pico.

“Temos verificado com infelicidade e tristeza que um dos problemas de tantos setores, e de forma mais intensa e quase dramática na saúde, é haver problemas que hoje são maiores por abandono e falta de manutenção”, considerou o Presidente do Governo, falando no final da reunião do Conselho de Ilha que integrou a agenda da visita estatutária do Executivo ao Pico.

Há problemas nestes espaços, lamenta José Manuel Bolieiro, que “se atempadamente tivessem sido tratados”, evitariam custos e trabalho nesta fase, mas é desígnio do XIII Governo Regional dos Açores “assegurar num curto prazo de tempo possível intervenções de manutenção e recuperação destes edifícios”.

Tal, acrescentou, “não depende de inscrição em Plano e Orçamento” das medidas no detalhe, mas de uma “atenção conjugada entre a Secretaria da Saúde e Desporto e a Secretaria das Obras Públicas”.

O que o Governo fez no Pico, neste campo, passou por “visitar, verificar” e “ouvir o testemunho dos dirigentes” dos espaços.

Na visita estatutária ao Pico, a terceira do Governo Regional, depois da Graciosa e São Jorge, houve um “corresponder” do Executivo “às questões consensuais e mais prementes”, considerou José Manuel Bolieiro em jeito de balanço.

AA/GRA