Governo dos Açores quer intensificação de parcerias com os EUA no Ensino Superior e Ciência

O Presidente do Governo Regional dos Açores afirmou que o encontro promovido com a Universidade dos Açores e a Universidade de Massachusetts – Lowell representa uma “reforma” na relação do Executivo com a diáspora e as comitivas que integram estas visitas, sendo que será promovida a intensificação de parcerias neste campo e na área da Ciência.

“O projeto deste Governo é fazer da Educação e do Conhecimento o nosso principal motivo de desenvolvimento. Nos Açores, nas nossas ilhas, e na relação com o exterior, designadamente nos países de acolhimento da nossa diáspora”, indicou, falando após esta “primeira visita” do Governo dos Açores a Lowell, onde esteve acompanhado pelos Diretores Regional das Comunidades e da Cooperação Externa, e também pela reitora da Universidade dos Açores, Susana Mira Leal, e pelo presidente do Conselho Geral da Universidade dos Açores, Elias Pereira.

“No encargo do Vice-Presidente do Governo, que tem a área da Ciência, ficam agora visitas para calendarizar objetivos e mensurar oportunidades”, acrescentou o Presidente do Governo, para quem é necessário “alargar” e “reforçar” a estratégia de proximidade junto de múltiplas academias norte-americanas.

“Queremos potenciar esta ligação por via da Ciência, investigação e inovação tecnológica”, acrescentou ainda o governante.

José Manuel Bolieiro é o convidado de honra das Grandes Festas do Espírito Santo da Nova Inglaterra deste ano, tendo a visita aos Estados Unidos da América incluído também contactos políticos, económicos e referentes ao Ensino Superior.

Nestes dias de trabalho nos Estados Unidos estão ainda previstas, por exemplo, para além da participação nas Festas, a apresentação do projeto editorial Bellis Azórica, para a edição americana de obras emblemáticas da literatura açoriana, ou a visita a uma exposição evocativa do pintor Domingos Rebelo, em New Bedford.

A universidade de Massachussets – Lowell tem mais de 18 mil alunos.

AA/GRA