Governo e ATA preparam reativação dos mercados dos Estados Unidos e Canadá na Ilha Terceira

(c) DR

O Governo Regional dos Açores, em parceria com a Associação de Turismo dos Açores, está a preparar o lançamento de concursos de promoção turística que visam garantir fluxos turísticos para os Açores dos mercados turísticos dos Estados Unidos da América e do Canadá.

As ações previstas são já para o Inverno IATA 2021-22 para a ilha Terceira, que historicamente tem demonstrado uma grande atratividade para turistas provenientes destes mercados, quer pela sua componente de oferta cultural e gastronómica, quer pelas diversas atividades de animação turística ao ar livre e no mar oferecidas e, ainda, pelo clima ameno de inverno. 

Para além de alinhado com a oferta, o cliente destes mercados é, geralmente, de um segmento sócio-económico que distribui valor adicional na economia dos Açores, pelo que importa relevar e potenciar em termos de captação futura de fluxos turísticos.

Os mercados dos Estados Unidos da América e do Canadá são mercados emissores estratégicos para o destino Açores, tendo nos últimos anos, à exceção do período da pandemia, um comportamento muito positivo e relevante. Em 2019, os Estados Unidos da América posicionaram-se em segundo lugar no ranking dos mercados emissores internacionais para os Açores, com cerca de 290 mil dormidas, e o Canadá em sexto lugar, com cerca de 101 mil dormidas. 

A oferta de voos diretos de Boston e de Toronto para os Açores, quer para Ponta Delgada quer para a Terceira, oferecidos pela Azores Airlines, aliada à forte estratégia de promoção, têm permitido o crescimento inequívoco de dormidas nos últimos anos. Na ilha Terceira, e em 2020 estimava-se, caso não tivesse ocorrido a pandemia, uma procura da América do Norte de cerca de 63 mil dormidas, das quais 36 mil dos Estados Unidos (Boston) e 27.000 do Canadá (Toronto). 

AA/GRA