Governo ISP para minimizar aumento dos preços dos combustíveis

O Governo Regional dos Açores, através de uma redução do ISP (Imposto sobre os Produtos Petrolíferos), de 4 cêntimos na gasolina 95 e de 2 cêntimos no gasóleo rodoviário, irá atenuar o impacto do aumento dos preços dos combustíveis no mercado europeu.

Os preços dos combustíveis no mercado europeu, correspondentes à média dos preços de venda ao público de 14 países, que servem de referência à definição dos preços na Região, sofreram, no último mês uma subida.

Nos Açores esta tendência será minimizada pela descida do ISP, pelo que as subidas de preço ficam limitadas a 0,7 cêntimos por litro na gasolina 95, a 4,4 cêntimos no gasóleo rodoviário e no gasóleo colorido e marcado, consumido na agricultura e nas pescas, e a 5,6 cêntimos no fuelóleo industrial.

Sem esta intervenção do Governo Regional, o preço da gasolina 95 teria que aumentar 5,3 cêntimos e do gasóleo rodoviário em 6,7 cêntimos.

O litro da gasolina 95 passa, a 1 de novembro, a custar 1,558 euros, o do gasóleo rodoviário 1,377 euros, o gasóleo colorido consumido na agricultura passa a 0,895 euros e o gasóleo consumido na pesca passa a custar 0,705 euros. O fuelóleo industrial passa aos 0,615 euros por quilo.

Apesar desta subida, os preços dos combustíveis na Região permanecem os mais baixos do país, sendo inferiores aos praticados no território continental em 11% no caso da gasolina 95, 10% no gasóleo rodoviário, em 21% no gasóleo agrícola e no gasóleo pescas, 35% no gás butano e no fuelóleo industrial.

AA/GRA