Governo liquida 1,6 ME de dívida da Casa de Saúde de São Miguel

O Secretário Regional da Saúde e Desporto revelou que o governo liquidou já 1,6 milhões de euros, parte de uma dívida do anterior Executivo à Casa de Saúde de São Miguel, relativa a 2020.

No final de uma visita à Instituição, Clélio Meneses disse que o atual executivo está a fazer um esforço para regularizar dívidas a estas Instituições, “como a da Casa de Saúde de São Miguel que em 2020 não recebeu nada. Havia uma dívida de 2,5 milhões de euros, já pagamos 1,6 milhões de dívida do governo anterior, que não tinha liquidado nada em 2020” – sublinhou.

O governante visitou a sede da Instituição, na Fajã de Baixo e reuniu com o respetivo conselho de administração.  Clélio Meneses reconheceu a necessidade de intervir na reabilitação do espaço, pertença da Região. “que em algumas áreas não tem dignidade” – disse aos jornalistas presentes no local. O Secretário Regional afirmou ainda ser necessária uma intervenção e anunciou que o governo vai agora encetar trabalho neste sentido.

Para além de contar com parte substancial da dívida já regularizada, a Casa de Saúde de São Miguel, da Ordem Hospitaleira de São João de Deus, beneficia também do aumento de 12 por cento nas diárias dos doentes institucionalizados “valor que não era revisto desde 2008, que está já em prática e que significa mais um esforço de cerca de um milhão de euros por ano” – frisou Clélio Meneses.

AA/GRA