Governo Regional apoia Casas dos Açores e instituições da Diáspora

Palácio dos Capitães Generais

A Vice-Presidência dos Governo Regional dos Açores, através da Direção Regional das Comunidades, acaba de atribuir novos apoios financeiros a diferentes instituições da diáspora açoriana, no montante global de 33.450 euros.

Os apoios abrangem nove entidades sediadas no Brasil, Canadá, Estados Unidos da América e Região Autónoma da Madeira, ao abrigo de protocolos de cooperação anualmente renovados que se destinam a comparticipar o desenvolvimento das duas atividades.

Neste novo conjunto de apoios estão incluídas as Casas dos Açores da Madeira (Portugal), Quebeque (Canadá) e São Paulo (Brasil), bem como seis associações que integram a rede mundial de organizações de serviço social e dinamização cultural.

O Centro Cultural Português de Mississauga, o Portuguese Suporte Service Quality Living, em Ontário, e o Abrigo Centre de Toronto são três das entidades beneficiadas, no Canadá.

Os novos apoios contemplam também a P.O.S.S.O – Portuguese Organization for Services and Opportunities e a VALER – Valery Area Living Enabling Resources, ambas nos Estados Unidos da América, bem como o NEA – Núcleo de Estudos Açorianos da Universidade Federal de Santa Catarina, no Brasil.

As nove portarias que concedem os novos apoios financeiros, assinadas pelo Vice-Presidente do Governo Regional, Artur Lima, foram publicadas nas edições de 3 e 6 de setembro do Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores.

Estes apoios visam a preservação da identidade cultural açoriana, através da execução de projetos que promovam a interculturalidade e desenvolvam a investigação académica sobre o património cultural existente no mundo, e a inserção social da comunidade açoriana, através da execução de programas que garantam a sua plena integração e promoção de vida. 

O Governo Regional tem focado a sua ação, na área das comunidades açorianas, no desenvolvimento de esforços que recuperem e reforcem os laços socias, culturais e económicos com a Região, sendo o apoio às Casas dos Açores e instituições de natureza sociocultural uma forma de valorização da própria diáspora.

AA/GRA