Governo Regional investe 10 milhões de euros na regularização das carreiras dos enfermeiros Açorianos

O Secretário Regional da Saúde e Desporto do Governo dos Açores anunciou que Executivo regional “vai investir mais de 10 milhões de euros na regularização remuneratória e na progressão das carreiras dos enfermeiros Açorianos”.

O governante falava no âmbito de um colóquio ‘online’ destinado a sensibilizar os alunos finalistas na área da enfermagem para a integração no Serviço Regional de Saúde.

Na ocasião, Clélio Meneses garantiu a abertura de concursos no arquipélago para contratação de novos enfermeiros, e lamentou que o mesmo não tivesse sido feito pelo executivo anterior no ano passado.

“Não foi promovida a entrada de 80 novos enfermeiros e isso foi lamentável, porque resultou num grande prejuízo para a Região e para o Serviço Regional de Saúde, como agora estamos a ver, com a enorme dificuldade da resposta aos enormes e intensos desafios deste tempo pandémico, o que também resultou muito da falta de pessoal. Se tivéssemos integrado estes 80 enfermeiros, teríamos certamente melhores condições para enfrentar este desafio”, frisou o titular da pasta da Saúde.

O Secretário Regional da Saúde e Desporto falou ainda da necessidade de “motivar os que agora entram no Serviço Regional de Saúde para que se sintam bem-recebidos e bem remunerados e para os atrair e manter no sistema”.

O governante reiterou, também, a estratégia de inversão do paradigma na Saúde nos Açores “começando de forma consciente, consistente e determinada a implementar uma perspetiva sistémica do Serviço Regional de Saúde que funcione de forma complementar e não de costas voltadas, em que todos contam, participam e são coresponsabilizados”.

Falando para uma plateia de 70 finalistas, Clélio Meneses revelou ainda que o projeto de implementação do Enfermeiro de Família nos Açores, desígnio do XIII Governo Regional, está já em fase de regulamentação.

AA/GRA