Homenagem a atletas olímpicos e paralímpicos

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, homenageou a atleta açoriana paralímpica Ana Filipe e a sua treinadora Paula Costa, pelo excelente desempenho nas duas últimas olimpíadas, no Brasil e no Japão.

A homenagem deu-se no Solar dos Remédios, em Angra do Heroísmo, e teve presença das homenageadas e de diversos convidados.

Clélio Meneses enalteceu o desempenho de ambas e considerou que eram “merecedoras desta homenagem e agradecimento, pelo sucesso que representam”.

Na mesma cerimónia, em que esteve presente o Diretor Regional do Desporto, foram homenageados os atletas olímpicos Fernando Pimenta e Emanuel Silva, canoístas, de passagem pela Terceira.

“Se há marca que distingue o sucesso no desporto, é o olimpismo e por isso gostávamos de deixar esta homenagem associada a estes quatro exemplos”, referiu Clélio Meneses.

O Secretário Regional da Saúde e Desporto reiterou, a propósito, a visão “transversal” que norteia a gora a política do alto rendimento sobre o desporto Açoriano em geral “também sobre o desporto adaptado, sem qualquer distinção”.

“O Governo Regional está determinado numa política de ligação do desporto à saúde, em termos de prevenção, em termos de hábitos de vida saudável, em termos de atividade física e literacia motora, mas isso é uma parte do processo de desenvolvimento desportivo que necessariamente só fica completo com o alto rendimento”, considerou.

OS HOMENAGEADOS

Ana Paula Espínola da Costa

Nascida em 1963.

Ligada ao desporto e ao atletismo há décadas.

Desde 1980 que vem desempenhando funções como técnica, juiz, dirigente desportiva e treinadora de atletismo.

É coordenadora do Desporto da Associação Cristã da Mocidade desde 2014.

Treinadora da atleta Ana Filipe desde 2013.

Do seu currículo constam vários reconhecimentos de mérito cívico e desportivo pelos governos regionais dos Açores, autarquia de Angra do Heroísmo e imprensa regional.

Ana Margarida Filipe

Nascida em 1999 na cidade de Angra do Heroísmo.

Praticante federada de Atletismo desde 2013, integrando a Seleção Nacional desde 2015.

Atleta com Percurso de Alta Competição desde novembro de 2015.

Iniciou a prática do Atletismo no Sport Clube Barreiro, em Angra do Heroísmo, em dezembro de 2013.

Atualmente representa o Clube Desportivo da Associação Cristã da Mocidade (ACM).

Foi 26 vezes Campeã Nacional de Atletismo em diversas disciplinas: velocidade, barreiras, saltos horizontais (comprimento e triplo) e verticais (altura), e corta-mato curto.

Conquistou 28 medalhas em competições Internacionais entre as quais 12 vezes a de Campeã do Mundo: Jornadas Europeias da Juventude / Campeonatos INAS-VIRTUS.

Participou duas vezes nos Jogos Paralímpicos: no Brasil 2016 e em Tóquio 2021.

Fernando Pimenta

Natural de Ponte de Lima, é um canoísta português.

Iniciou a prática desportiva em 1993. Mais tarde, em 2001, deu os primeiros passos na canoagem e, quatro anos depois, começou a obter os seus primeiros títulos em K1.

Conta com 108 medalhas internacionais, onde se destacam as duas medalhas nos Jogos Olímpicos Bronze em K1 1000mts em Tóquio (2020) e Prata em K2 1000mts em Londres (2012).

Conta ainda com 4 Títulos de campeão do mundo, 7 de campeão da Europa, 15 medalhas de Ouro em Taças do Mundo e 4 medalhas de Prata em Jogos Europeus.

Emanuel Silva

Natural de Braga, é um velocista português de Canoagem. Começou nesta modalidade em 1996, tinha 10 anos de idade, no Clube Náutico de Fão.

Com apenas 16 anos, Emanuel Silva tornou-se campeão nas 3 distâncias: 500, 1000 e 10 000 metros.

Foi Campeão do Mundo em 2003, no Japão, e Vice-Campeão olímpico nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, em k2 1000m competição.

Já alcançou um total de 39 medalhas, das quais 11 de ouro, 12 de prata e 16 de bronze. A sua primeira participação nos Jogos Olímpicos foi em Atenas 2004, quando tinha 18 anos, onde chegou à final e ficou em 7.º lugar. Foi o segundo atleta mais novo a competir em K-1 1000 metros.

Atualmente representa o Kayak Clube Castores do Arade, sendo que já representou o Clube Náutico de Fão, o Clube Náutico de Prado, o Clube Fluvial de Merelim e o Sporting Clube de Portugal.

Presentemente é o atleta português da canoagem com mais presenças olímpicas: 5 – Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020.

AA/GRA