Horta apoia instituições zoófilas do concelho

Foram assinado protocolos de cooperação financeira com as instituições do bem-estar animal do concelho da Horta, AFAMA, ABRIGAR e NINOVAN.

“Numa altura em que a Pandemia COVID-19 fez diminuir os contributos a estas associações, a celebração destes protocolos visa fazer face às dificuldades sentidas, bem como valorizar o trabalho voluntário, esforçado e dedicado, em prol da promoção do bem-estar animal”, Salientou José Leonardo Silva, presidente da Câmara Municipal da Horta que, desde 2017, já adoptou o abate zero no Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA).

O autarca reconheceu, ainda, o importante e abnegado papel que os voluntários têm na luta pelo bem-estar dos animais, sacrificando, muitas vezes, a sua vida e família, para se dedicar a esta causa.

“ Nos últimos anos, passos importantes têm sido dados, no que diz respeito às políticas de bem-estar animal, no concelho da Horta. Isso só tem sido conseguido com a intervenção de todas as associações e de todos os voluntários que trabalham para esta causa. O aumento das adoções, da vacinação, da esterilização e da recolha de animais é disso evidência, pelo que temos continuar a realizar esse trabalho, que só é conseguido com a ajuda de todos e com uma maior consciencialização da população para esta temática”, salientou.

Neste mesmo dia, foi entregue o leitor de microchip ao Destacamento Territorial da Horta da Guarda Nacional Republicana, parceiro do município, nesta área de intervenção, à semelhança do que já tinha sido feito com a PSP, que têm sido fundamentais na identificação de casos de abandono animal e devido encaminhamento.

Ainda nesta matéria, a CMH levou a cabo, durante 2020, uma campanha de vacinação antirrábica e de identificação eletrónica: Foram vacinados e identificados eletronicamente 90 canídeos. Foram também atribuídos 10 cheques veterinários no âmbito do programa levado a efeito visando a prestação de cuidados de saúde primários a animais de famílias carenciadas, nomeadamente no que se refere à vacinação, desparasitação, identificação eletrónica e esterilização.

AA/CMH