Horta assinala carnaval em tempo de pandemia

A cidade da Horta enche-se de palhaços, máscaras e outros motivos carnavalescos nos seus espaços públicos para assinalar o Carnaval, mesmo em período de pandemia.

Não existindo condições para pôr de pé o tradicional desfile de Carnaval da Pequenada, com a presença dos estabelecimentos de ensino e instituições sociais na área da deficiência, a Câmara Municipal da Horta desafiou os habituais participantes a transportar a animação para as ruas da cidade da Horta.

Deste desafio resultou a construção de 22 palhaços e de 5 máscaras de Carnaval, a que a autarquia juntou a criação de um castelo de príncipes e princesas e as estrelas dos Super Heróis, que podem ser visitados na Praça da República e na Praça do Infante D. Henrique.

Para o Presidente da Câmara da Horta, “o objetivo desta iniciativa é, à semelhança do que aconteceu na época natalícia, manter viva as nossas tradições, dando às famílias, a possibilidade de, em conjunto, continuarem a viver estas datas de maior relevância e criar outras memórias para o futuro ”.

Aderiram a esta iniciativa, os jardins-de-infância e escolas do 1.º ciclo, os Centros de Dia, o Centro de Atividades Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia da Horta, o Moviment’Arte da APADIF e Associação Cultural e Desportiva do Grupo Municipal da Horta.

AA/CMH