Horta assinala Dia da Cidade

Uma Câmara Municipal aberta ao diálogo, com espírito de superação e elevado nível de investimento apesar das dificuldades encontradas, como o Furacão Lorenzo ou a pandemia, marcaram o atual mandato autárquico.

O Presidente da Câmara Municipal da Horta, recordou, na sessão solene comemorativa do Dia da Cidade, que se assinalou no passado 4 de julho, que só a capacidade de diálogo demonstrada pelo atual executivo permitiu que, mesmo em minoria na Assembleia Municipal, todos os seus planos, orçamentos e contas de gerência fossem aprovados.

Com uma forte preocupação pela consolidação das suas contas e pelo pagamento atempado aos seus fornecedores, este acaba por ser, igualmente, um mandato com grande nível de investimento, em especial na rede viária.

Por essa razão, conclui José Leonardo Silva, “a Câmara Municipal da Horta pode apresentar-se, em qualquer sítio, com obra feita nestas áreas. Com uma gestão financeira controlada, pagamentos a fornecedores em dia, prazo médio de pagamento dentro do que se exige a um bom pagador, e investimento feito”.

O autarca recorda o atual mandato como aquele que permitiu, por exemplo, a concretização de infraestruturas estruturantes para a vida do concelho, como o novo Mercado Municipal, as obras de modernização da piscina municipal em curso, a construção do novo matadouro e do novo quartel de bombeiros, em terrenos municipais.

José Leonardo Silva reforçou, também, a importância dos apoios concedidos pela Câmara Municipal à economia e às instituições locais e que têm permitido reforçar os apoios às famílias e às empresas do concelho, através do Fundo de Dinamização Empresarial.

Com os olhos postos no crescimento futuro da ilha, em áreas de particular apetência como o Turismo, o autarca reforçou, igualmente, a importância da continuidade das obras da nova frente mar da cidade da Horta, depois de, no atual mandato, terem sido concluídas as requalificações do Largo do Infante e do adro da Igreja das Angústias, estando, agora para breve, o início da requalificação da zona do troço central.

Em Dia da Cidade, José Leonardo Silva não esqueceu a relevância de projetos estruturantes para o concelho, como sejam as obras do porto, a ampliação da pista do Aeroporto e a construção da variante à cidade da Horta e deixou um desafio ao Governo, relativamente ao reforço dos apoios para as juntas de freguesia:

Para além desse reforço de verbas, a Câmara Municipal tem já em curso, por seu turno, a revisão do PDM para permitir, no futuro, agilizar, ainda mais, os processos de investimentos no concelho e potenciar novas áreas de desenvolvimento em toda a ilha.

HOMENAGENS CONCEDIDAS:

BONS SERVIÇOS MUNICIPAIS PRATEADA

Pelo cumprimento de 20 anos ao serviço do Município da Horta:

Ana Cristina Palma Valério; Carla da Conceição Duarte Lobão Gomes; Cidália Maria da Silveira; Dora Zulmira Cunha da Silva; Eduarda Maria da Rosa Medeiros Freitas; Eduíno Manuel Garcia Rodrigues; Luís António Maciel Gomes; Rául José Teixeira dos Santos.

BONS SERVIÇOS MUNICIPAIS DOURADA

Pelo cumprimento de 30 anos ao serviço do Município da Horta:

Adélia da Ascensão Santos Azevedo; Armando José Aguiar Jorge; Gilberto Peixoto de Faria; José Jorge Medeiros Gomes; José Leonildo Garcia Dias; Mário Luís Brum Madruga Pinto.

MÉRITO MUNICIPAL PRATEADA

Grupo de Cantares Ilha Azul; HortaFisio, Lda.

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL DOURADA

António Henrique de Saldanha e Albuquerque Bulcão; antónio Manuel Martins Goulart; Edila Brum Dutra de Andrade Gaitonde; José Alberto Fialho; José Henrique Vargas da Silva; José Mário Duarte Garcia; José Paulino Garcia da Rosa; Luís Manuel Machado Menezes; Manuel Martins da Silva; Maria de Lurdes Vargas da Terra; Mário Pereira Dias; Telmo Alexandre Morato Gomes; Valdemar Goulart Porto.

MEDALHA DE HONRA

Santa Casa da Misericórdia da Horta; Sociedade Filarmónica Lira e Progresso Feteirense.

AA/CMH