José Manuel Bolieiro saúda ação da Força Aérea nos Açores nas suas várias funções

O Presidente do Governo Regional dos Açores recebeu em audiência o novo Comandante da Zona Aérea dos Açores, João Carlos de Bastos Jorge Gonçalves, aproveitando o momento para enaltecer o serviço da Força Aérea nas suas várias funções.

“Renovo a abertura do Governo Regional para uma boa cooperação com o senhor comandante e o Comando da Zona Aérea dos Açores”, sublinhou José Manuel Bolieiro, falando aos jornalistas no final do encontro tido esta manhã no Palácio de Sant’Ana, em Ponta Delgada.

O governante valorizou o trabalho desenvolvido pela Força Aérea, por exemplo, nas evacuações médicas, e lembrou – a um dia de o XIII Governo Regional iniciar uma visita estatutária ao Corvo – o cenário vivido pelos corvinos em janeiro de 2020.

Com condições climáticas “sabidas e reconhecidas” como adversas, contou-se com a “colaboração pronta e destemida” da Força Aérea, evitando-se “o colapso do abastecimento à ilha do Corvo, desde logo o combustível, essencial desde logo para a iluminação publica e o sistema elétrico”.

José Manuel Bolieiro esteve presente recentemente no momento da rendição do Comando, deixando “fortemente marcado”, com esse gesto, o “reconhecimento” à Força Aérea pelo trabalho desenvolvido.

O novo Comandante da Zona Aérea dos Açores, João Carlos de Bastos Jorge Gonçalves, ingressou na Força Aérea em agosto de 1987. É licenciado em Ciências Militares e Aeronáuticas, na especialidade de Piloto-Aviador, pela Academia da Força Aérea, tendo sido brevetado em agosto de 1992, na Base Aérea Nº1, Sintra.

No dia 2 de fevereiro de 2022 tomou posse como Comandante da Zona Aérea dos Açores.

Totaliza 3.000 horas de voo e da folha de serviços constam várias condecorações e louvores, das quais se destacam o grau de Comendador da Ordem de Avis, Medalha de Serviços Distintos grau Prata, Medalha de Mérito Militar de 2.ª Classe e Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar.

AA/GRA